Estado realiza reforma em posto de salva-vidas no Olho d’Água como parte da obra do BRT

Obra de reforma e ampliação é resultado da parceria entre o Governo do Estado com a Prefeitura de São Luís (Foto: Divulgação)

Como parte das obras do projeto do BRT, a Agência Estadual de Mobilidade Urbana e Serviços Públicos (MOB) já está realizando a reforma e ampliação do posto de salva-vidas da Praia do Olho d’Água, que pertence à Guarda Municipal de São Luís.

A reforma e ampliação do posto é resultado da parceria entre o Governo do Estado, por meio da MOB, com a Prefeitura de São Luís. O posto de salva-vidas, localizado na Praia do Olho d’Água, estaria dentro do escopo do projeto, o que acabaria interferindo na continuação da obra do BRT. No entanto, a MOB se comprometeu em realizar a reforma e ampliação do posto e, em contrapartida, o município se comprometeu a ceder a área para o prosseguimento da construção da Avenida Atlântica.

“A reforma e ampliação do local foi resultado de uma parceria e a MOB se comprometeu na execução do serviço que já foi iniciado. E vai contribuir com o serviço dos salva-vidas, com um ambiente apropriado para realização das atividades na praia”, ressaltou o presidente da MOB, Daniel Carvalho. A reforma do posto iniciou no dia 8 de março e foi orçada em R$ 456.509,36 e tem um prazo de 180 dias para conclusão. 

BRT

A obra de implantação do Ônibus de Trânsito Rápido (BRT) é a maior obra de mobilidade urbana do Maranhão que vai inaugurar um novo modelo de transporte público no estado. Com investimento de R$ 140 milhões, ela compreende o prolongamento da Avenida Litorânea em 1.800 metros e requalificação da Avenida São Carlos à Avenida Litorânea até a altura do parquinho, além de parte da Avenida Colares Moreira no lote 01 e a requalificação da Avenida dos Holandeses e a Rua Búzios referente ao lote 02.

Com a implantação do corredor exclusivo de ônibus rápido, a população que utiliza o transporte público vai diminuir o tempo de viagem em até 40 minutos para se deslocar dos municípios que compõem a Grande Ilha (Raposa, Paço do Lumiar e São José de Ribamar) até o centro de São Luís. O projeto conta ainda com estações de embarque e desembarque, ciclovias e passeios acessíveis.

Comentários

Comentários