Edifício João Goulart: primeiro prédio do Nosso Centro a ser ocupado

Prédio João Goulart começa a ser ocupado novamente (Foto: Nael Reis)

Aos poucos o Edifício João Goulart, localizado na Praça Pedro II, no coração do Centro Histórico de São Luís, começa a ganhar status de nova sede administrativa do Governo do Maranhão. Abandonado há quase três décadas, o prédio passou por ampla reforma para abrigar secretarias e órgãos de governo, que já estão chegando ao local.

O edifício será oficialmente inaugurado pelo governador Flávio Dino ainda este mês, sendo o primeiro prédio do programa Nosso Centro a ser ocupado.

A movimentação por lá é intensa. Equipes de várias secretarias já começaram a adaptar suas estruturas para o João Goulart. O edifício será o novo lar das secretarias de Estado de Governo (Segov), Relações Institucionais (SRI), Esporte e Lazer (Sedel), Comunicação Social e Assuntos Políticos (Secap), além da Casa Civil, Vice-Governadoria e Assessoria Especial do Governador.

A ideia do programa Nosso Centro é dar ainda mais movimento ao Centro Histórico e aquecer a economia no entorno, já que centenas de pessoas passarão a transitar pela região com a mudança.

“A ocupação vai valorizar o Centro Histórico, com uma média de 500 novos servidores que vão passar a ocupar essa área e circular diariamente pela região”, diz o secretário de Estado de Governo, Diego Galdino, um dos responsáveis pela organização da nova sede administrativa.

O uso do João Goulart é também sinônimo de contingenciamento de gastos e vai desafogar o Palácio Henrique de La Rocque, gerando mais economia para os cofres públicos.

“Umas das grandes vantagens de concentrar essas secretarias no João Goulart é a economia com a locação de prédios. Órgãos que ficam em prédios alugados vão para o La Rocque”, ressalta Galdino.

A montagem do mobiliário também foi inovadora e humanizada. Internos do sistema penitenciário do Maranhão trabalharam na instalação e fabricação dos móveis.

Nosso Centro, polo institucional

A reforma e utilização do João Goulart faz parte das ações do Polo Institucional do programa Nosso Centro, que visa a ampliar o fluxo de pessoas em horário comercial na região central de São Luís.

Na obra de revitalização, foi utilizado um modelo mais moderno e eficaz para a reabilitação do prédio. Trata-se do chamado “aluguel sob medida” (“built to suit”, em inglês), no qual a iniciativa privada financia a obra de reforma e a manutenção das instalações do imóvel por tempo determinado.

Construído em 1957, o Edifício João Goulart é um ícone da cidade de São Luís por ser uma das primeiras construções modernistas instaladas na Ilha. O Edifício possui pouco mais de 6 mil m² de construção, sendo 2 subsolos, térreo e 10 andares.

Comentários

Comentários