Governo do Estado inicia campanha contra febre aftosa em Imperatriz

Acessar fotos
- Governador Carlos Brandão na abertura da campanha contra aftosa em Imperatriz (Foto: Brunno Carvalho)
5/05/2022

O Governo do Estado iniciou a primeira etapa da campanha de vacinação contra a febre aftosa, em uma macro ação, nesta quinta-feira (5), no município de Imperatriz, Região Tocantina. O governador Carlos Brandão cumpre extensa agenda na cidade, que inclui participação no evento de abertura da campanha, que prossegue até o dia 31 de maio.

O governador também pontuou sobre a campanha e enumerou outras ações do pacote de obras que vai beneficiar Imperatriz e região. “Damos o primeiro passo visitando o mutirão de cirurgias oftalmológicas e a abertura desta etapa da campanha de combate à febre aftosa. Vamos inaugurar a Areninha, implantar o programa Sorrir, lançar dois Restaurantes Populares, sistemas de abastecimento e obras de pavimentação, que já iniciam hoje. Portanto, um grande pacote de obras do governo para a cidade”, ressaltou.

Imperatriz possui rebanho de aproximadamente 1,4 milhão de cabeças de gado e nos últimos três anos, a campanha teve o êxito de imunizar mais de 95% do rebanho total. A expectativa da imunização para este ano é alcançar 100% do gado, projeta a Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão (AGED-MA).

O objetivo da campanha é imunizar mais de nove milhões de bovinos e bubalinos, de todas as idades, em todo o estado, segundo a AGED-MA. O Maranhão tem conseguido atingir a meta de vacinação recomendada pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) e continua sendo zona livre da febre aftosa.

Brandão visitou os espaços de vacinação e conversou com estudantes do curso de Medicina Veterinária, da Universidade Estadual da Região Tocantina do Maranhão (UemaSul).

Grande pacote de ações estruturantes

A agenda em Imperatriz contempla, ainda, anúncio do maior pacote de obras de infraestrutura para o município e região. Serão R$ 35 milhões para pavimentação de vias na zona urbana, em Imperatriz, e mais R$ 67 milhões em obras na saúde, com a continuidade dos serviços do Socorrão e reforma do hospital Materno Infantil. Na educação, foi anunciado o investimento de R$ 1,5 milhão na UemaSul.