Lava-Pratos em São José de Ribamar marca o encerramento da programação carnavalesca

Evento atrai uma multidão de foliões todos os anos (Foto: Divulgação)

A animação do Carnaval prossegue para mais este fim de semana com o tradicional Lava-Pratos, em São José de Ribamar. O evento, em sua 73ª edição, será realizado no Parque Municipal do Folclore Therezinha Jansen, orla marítima da cidade, neste sábado (9) e domingo (10).

A festa é promovida pela Prefeitura de São José de Ribamar com apoio do Governo do Estado.

Para este ano, a estimativa dos organizadores é que mais de 150 mil pessoas passem no local, nos dois dias de festa. Na agenda, dez bandas para animar o público, entre elas, a voz marcante da maranhense Flávia Bittencourt e a alegria contagiante do grupo Bicho Terra.

O festejo de Lava-Prato é uma tradição, muito esperado pelo público que gosta do Carnaval e fecha com propriedade a programação do período, avalia o secretário de Estado de Cultura (Secma), Diego Galdino.

“É mais um momento para que as pessoas se divirtam e aproveitem a folia. O evento traduz bem o que representa o Carnaval maranhense com sua diversidade, amplitude e valorização da nossa cultura. E o que esperamos é que este ano, mais uma vez, a festa se traduza em alegria, diversão e segurança”, pontua o gestor.

No primeiro dia de festejo, o sábado (9), o Lava-Pratos inicia a programação a partir das 20h, com show da Banda Scorpions, seguida de Rayanne Passos e Banda e fechando com Banda Energia, que sobe ao palco por volta da meia noite.

No domingo (10), o encerramento com apresentações será a partir das 13h. Dudu N’Gandaya abre a programação, que segue com os shows dos grupos Samba de Boa, Banda Regional Fênix, Gargamel, Flávia Bittencourt, Bicho Terra e Banda Reprise, que se apresenta às 21h30.

Segurança

A diversão é garantida e com segurança, a partir do esquema montado pela Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP-MA), com o aparato da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros. O planejamento foi organizado pelo Comando de Policiamento de Área Metropolitano (CPAM II). Policiais a pé, moto, de quadriciclo e lancha estarão a postos para atendimentos das demandas dos foliões.

O policiamento preventivo na festa de São José de Ribamar terá participação, também, da Patrulha Maria da Penha, que conta com policiamento especializado no combate ao assédio e a violência contra a mulher.

O Batalhão de Policiamento Rodoviário (BPRv) também estará a postos com barreiras de redução de velocidade, nos principais pontos da MA-201, que liga São Luís a São José de Ribamar. O objetivo é garantir um trânsito seguro, com o trabalho de fiscalização e orientação, evitando acidentes e desrespeito às normas de trânsito.

Tradição

O Carnaval Lava-Pratos é considerado por historiadores da cidade como o primeiro Carnaval fora de época do Brasil. Teve sua origem em 1946, chamado de ‘Carnaval da Vitória’, batizado após a participação do Brasil na Segunda Guerra Mundial. Começou quando a Escola de Samba Batuqueiro Naval resolveu, na terça-feira de Carnaval, visitar agremiações em São Luís, dentre elas a Turma da Mangueira, Turma do Quinto e Águia do Samba.

As escolas resolveram retribuir a gentileza no primeiro domingo da Quaresma, e deram início à peregrinação até São José de Ribamar sempre que consideradas campeãs do Carnaval da capital maranhense. Outra corrente sustenta que o nome tem relação com o dia em que os garçons, que trabalharam nos dias de Carnaval, faziam sua folia, que era sempre no fim de semana seguido do período oficial.