Investimento no São João gera retorno quatro vezes maior para a economia

São João do Maranhão movimentou economia

Com mais de 1.300 atrações e investimentos de R$ 10 milhões somente para festividades do São João de Todos 2019, o Maranhão colhe os frutos do retorno econômico gerado pelo sucesso de público e atração de turistas que aproveitaram o período.

Com 98% de aprovação de turistas, de acordo com pesquisa do Instituto Interpreta, a ampla oferta de atrações nos arraiais oficiais, sobretudo em São Luís, se consolidou como oportunidade de geração de emprego, renda e recolhimento de tributos que são reinvestidos na aplicação de políticas públicas. 

José Cursino Raposo (Gilson Teixeira)

“O governador Flávio Dino fez uma aposta muito intensa na cultura, que traz reflexos para o turismo, uma mola propulsora da economia. Cada investimento gera um valor quatro vezes maior para a economia”, explicou o secretário de Comunicação Social e Assuntos Políticos (Secap), Rodrigo Lago, ao destacar a relevância dos investimentos em eventos como o São João de Todos. 

Para o Secretário de Planejamento de São Luís, José Cursino Raposo, além do retorno financeiro para a capital, em forma de recolhimento de tributos, toda a cidade é beneficiada com a ativação de cadeias produtivas. 

“A economia age de forma encadeada, um setor não funciona sozinho, então os investimentos no São João geram um círculo virtuoso, que provoca uma bolha. Por sua vez, essa bolha gera efeitos sobre o recolhimento de tributos nas três esferas, mas também gera benefícios na renda, no fornecimento de insumos, na geração de empregos, etc, ativando uma cadeia produtiva a partir de um único evento”, diz.

Saulo Bezerra. Foto: Handson Chagas

Em junho, a ocupação hoteleira em São Luís ficou em 70%. Já em Barreirinhas, foi de 85%. O Aeroporto Internacional de São Luís recebeu cerca de 150 mil turistas em junho, alta de 15% em relação ao mesmo mês do ano passado.

Saulo Bezerra, gerente de um hotel próximo a orla de São Luís, diz que os investimentos em eventos como o São João geraram uma movimentação maior este ano. 

“Nós ouvimos de muitos turistas o depoimento sobre a beleza e a organização do São João do Maranhão, desde a acessibilidade para pessoas com mobilidade reduzida, a variedade gastronômica, passando pela beleza dos grupos folclóricos. Nós tivemos uma ocupação maior do que a do ano passado, mas nossa expectativa é que, durante as férias, a ocupação seja maior ainda em função dos bons resultados do São João”, explica. 

Mais Cultura e Turismo e Lazer nas férias

O Governo do Maranhão ampliou a programação cultural no Estado para garantir a movimentação turística no período de férias. Além dos investimentos no já tradicional Programa Mais Cultura e Turismo, uma parceria entre diversas secretarias, há ações de lazer e bem-estar aos sábados do mês de férias. 

Entre os serviços oferecidos durante o evento,  estão o comércio de produtos artesanais maranhenses, de lanches, ações de orientação de saúde e avaliação nutricional, educação ambiental com distribuição de mudas, contação de histórias, jogos, aulões de zumba, quick massage e brindes, entre outros.