Governo realiza busca ativa nos bairros para ampliar cobertura vacinal contra a Covid-19

SES faz busca ativa nos bairros da capital para vacinar a população contra Covid-19 (Foto: Ilano Silva)
SES faz busca ativa nos bairros da capital para vacinar a população contra Covid-19 (Foto: Ilano Silva)

Para ampliar a cobertura vacinal contra a Covid-19, o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), está realizando a busca ativa nos bairros da capital para alcançar a população que ainda não iniciou ou não concluiu o esquema vacinal contra a Covid-19. 

A ação teve início na Vila Palmeira e contou com a adesão dos moradores do bairro. “Levar a vacinação para os bairros alcança muita gente necessitada, gente que não tem condições de se locomover ou pegar um ônibus para se deslocar a um posto de vacinação”, comenta a administradora Karliene Santos Borges, 35 anos, que aproveitou a oportunidade para tomar a sua segunda dose no ponto de imunização montado no Bar da Joa. 

De acordo com o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, essa é mais uma das ações realizadas pelo Governo para alcançar todos os públicos na imunização contra a Covid-19.  “Ainda temos muito a alcançar, sobretudo a quem mais precisa. Nesta ação realizada na Vila Palmeira, por exemplo, foram aplicadas cerca de 120 doses da vacina contra o novo coronavírus e cerca de 50% foram de primeiras doses”, destacou o secretário. 

Outro morador que aproveitou a ação foi o pintor Paulo Rocha Sousa, de 54 anos. Ele conta que ainda não tinha se imunizado por medo da injeção, mas com a ação realizada no bairro tomou coragem para tomar a primeira dose da vacina contra a Covid-19. “Por medo da agulha ainda não tinha me vacinado, mas foi bem diferente do que eu imaginava, não doeu nada. Agora acabou o medo e se vier até a quarta dose eu tomo”, afirmou o pintor Paulo Sousa. 

SES faz busca ativa nos bairros da capital para vacinar a população contra Covid-19 (Foto: Ilano Silva)

Além da vacinação no ponto fixo, as equipes também percorreram as casas do bairro e palafitas, onde realizaram a imunização de pessoas acamadas, com dificuldade de locomoção ou apenas com doses em atraso. 

“A ideia de levar a vacina nas casas da pessoa é muito boa, é mais fácil poder vacinar na sua própria casa”, afirma Werbeth Almeida, de 20 anos, que aproveitou a ação para tomar a sua segunda dose que estava em atraso. 

Ações no interior

Apesar da execução da campanha ser de responsabilidade dos municípios, após análise das coberturas vacinais nos 217 municípios do Estado, a SES está enviando equipes com profissionais, vacinadores e digitadores, para auxiliar os municípios na execução da campanha de vacinação contra a Covid-19. 

“Foram deslocados profissionais para realizarem visitas domiciliares, atendimentos nos pontos de vacinação dos municípios, para acelerar a imunização, visando principalmente aqueles que não tomarem nenhuma dose da vacina e também atuando na segunda dose e na dose de reforço”, afirma a superintendente de Epidemiologia e Controle de Doenças da Secretaria de Estado da Saúde (SES), Tayara Pereira. 

Outra ação que está sendo executada para dar celeridade ao processo de vacinação é o atendimento através do Carro da Vacina, que percorre as ruas em busca de pessoas com doses em atraso. O projeto piloto está sendo realizado na cidade de Bacabal, com previsão de expansão para outras cidades maranhenses.