Com novos leitos, Governo amplia assistência a casos graves da Covid-19 em Grajaú

Com a ampliação, o hospital passará de média para alta complexidade (Foto: Márcio Sampaio)

O Governo do Estado entregou, nesta segunda-feira (7), a obra de ampliação do Hospital Regional de Grajaú. A unidade, que é referência para municípios da região, passa a contar com dez novos leitos de UTI e um de isolamento, fortalecendo a assistência dada pela rede pública a casos graves da Covid-19, facilitando o acesso da população ao atendimento hospitalar.

“É com muita alegria que tornamos real mais uma promessa do Governo do Maranhão para a cidade e a região de Grajaú. Esses são os primeiros leitos de terapia intensiva no hospital. Além dessa estrutura, também estamos trazendo a especialidade de neurocirurgia, dando ao hospital condições para atender pacientes de alta complexidade”, disse o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula. 

A unidade, que também atende pacientes com demandas de urgência e emergência, já possuía 50 leitos clínicos e 6 de UCI – Unidade de Cuidados Intermediários. Com a ampliação, o hospital passará de média para alta complexidade, diminuindo a necessidade de transferências de pacientes.

Além disso, mais três salas de cirurgia estão em fase de conclusão, o que ampliará ainda mais a capacidade de atendimento no hospital. A obra das UTIs foi executada pelas secretarias de Estado da Saúde (SES) e de Governo (Segov). 

O diretor clínico do hospital, Adoan Galheiros, destacou que o momento é histórico. “Agradecemos ao governador Flávio Dino, na pessoa do secretário Carlos Lula, e reforço que o compromisso de servir, faço tanto enquanto gestor da unidade quanto também no papel de médico”, enfatizou. 

Prefeito de Grajaú, Mercial Lima de Arruda, e secretário Carlos Lula destacaram a ampliação da unidade (Foto: Márcio Sampaio)

Entre as especialidades disponibilizadas pelo hospital, estão cirurgia geral e ortopédica. A unidade passará a oferecer também procedimentos como o de neurocirurgia. Além de Grajaú, a unidade atende pacientes encaminhados pelos municípios de Arame, Barra do Corda, Fernando Falcão, Itaipava do Grajaú e Jenipapo dos Vieiras. 

O presidente da Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (Emserh), Marcos Grande, disse que os investimentos reforçam o enfrentamento à pandemia. “O governo Flávio Dino adotou três pilares no combate à pandemia. O primeiro com a testagem, o segundo com a ampliação da rede de leitos exclusivos para atender os diagnosticados com a doença, e a vacinação, onde, por meio da colaboração com os municípios, buscamos acelerar a proteção da população contra o vírus”, disse.

O prefeito de Grajaú, Mercial Lima de Arruda, comentou que a estrutura soma na luta contra a pandemia. “É um sonho que se realiza e, para mim, a minha palavra é de gratidão. Com esses leitos, aumentamos para 21 os leitos de enfrentamento à Covid-19, sendo 10 na nossa rede municipal e 11 aqui no Hospital Regional. Quem ganha com isso são os nossos cidadãos”, concluiu o gestor municipal.

Comentários

Comentários