Governo do Estado acompanha investigação de intoxicação por agrotóxico no município de Buriti

Técnicos investigam denúncia de intoxicação em Buriti (Foto: Divulgação)

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) está acompanhando a investigação de intoxicação por agrotóxico em dois povoados situados no município de Buriti. Participam da atividade técnicos da SES, Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e do Ministério da Saúde (MS), cujo principal objetivo é prestar auxílio às pessoas afetadas. 

“Alinhamos com a Secretaria Municipal de Saúde de Buriti uma ação conjunta para avaliar o cenário, identificar a substância que causou a intoxicação e verificar o estado de saúde das pessoas. Temos em campo uma equipe completa e qualificada para levantar as informações e planejar o trabalho que será realizado e a assistência clínica a ser prestada”, destacou o superintendente da Vigilância Sanitária da SES, Edmilson Diniz.

O trabalho conta com a participação profissionais do Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (CIEVS), com suporte da Vigilância em Saúde Ambiental, vinculada à Superintendência de Vigilância Sanitária do Estado (SUVISA); e da Vigilância Epidemiológica, além de dois médicos infectologistas pertencentes à Comissão de Infectologia do Maranhão.

Segundo a denúncia que chegou à SES, a região tem muitas áreas com plantação de soja e, durante uma pulverização de produto químico para impedir a ação de pestes que pudessem prejudicar o cultivo do grão, o vento pode ter espalhado o agrotóxico até os povoados Araçá e Carranca, ambos localizados no município de Buriti. 

As pessoas afetadas pelo contato com o produto químico ventilado pelo ar estavam recorrendo a tratamentos caseiros em suas próprias residências, enquanto outros decidiram procurar ajuda em hospitais da região. O produto químico desencadeou uma série de queimaduras nas pessoas que tiveram contato com o pesticida.

O trabalho da SES, juntamente com os demais órgãos de pesquisa e saúde, será de fazer o levantamento para um diagnóstico situacional e, paralelamente, ofertar tratamento eficaz a quem necessitar. As equipes permanecerão durante toda a semana no local.

Comentários

Comentários