Idoso vence a Covid-19 e alta do Hospital de Campanha de Pedreiras é comemorada ao som de forró

José Rodrigues do Santos, recuperado, com a equipe médica que o tratou (Foto: Divulgação)

Uma cena inusitada ganhou o mundo no último fim de semana. O vídeo animado ao som do forró e do piseiro, ritmos característicos do Nordeste, ainda circula nas redes sociais com o registro da alta médica de José Rodrigues do Santos, de 69 anos, de Santo Antônio dos Lopes. Depois de ficar internado por 17 dias, sendo 8 deles intubado em uma UTI, o idoso teve alta do Hospital de Campanha Dr. Kleber Carvalho Branco, em Pedreiras, unidade que integra a rede estadual de assistência a pacientes com a Covid-19. 

O filho, Roni da Silva Santos, de 38 anos, mais conhecido na região como “Roni do Piseiro”, havia feito uma promessa: se o pai saísse dali curado da Covid-19, a festa ia ser grande. Ele até começou a compor uma música em homenagem ao pai. Ao som de “Eu vim tirar ele daqui, eu vim foi buscar meu pai”, o filho comemorou a alta na saída do hospital. 

“Eu só tenho 38 anos de idade, mas já tenho 20 de carreira. Sou conhecido como Roni do Piseiro e eu estou feliz demais de estar com meu pai em casa. Eu chorei demais, não aguentei não quando vi ele sair. E eu já tinha dito às enfermeiras que quando ele saísse eu ia botar uma música pra receber ele. Agradeço demais tudo que fizeram por ele”, disse Roni do Piseiro. 

O idoso tem ainda outros seis filhos. Karlene da Silva Santos é uma delas. Ela conta que o pai ficou muito emocionado ao sair do hospital e dar de cara com a festa lá fora. “Deus é maravilhoso. Meu pai é um guerreiro. Só temos que agradecer a Deus, que é o Todo Poderoso, e às enfermeiras que cuidaram muito bem dele, educadas, gostei de todos. Papai ficou muito emocionado, quando saiu e viu que era o filho dele cantando. Meu irmão não conseguia mais cantar, não sabia se chorava ou se ria”, disse a filha. 

O Hospital de Campanha Dr. Kleber Carvalho Branco integra a rede da Secretaria de Estado da Saúde (SES) de assistência a pacientes com a Covid-19. A unidade possui 77 leitos, sendo 57 de enfermaria e 20 de UTI, que reforçam o atendimento aos pacientes que precisam de internação na Região do Médio Mearim. Foi inaugurado em junho de 2020 e é gerenciado pela Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (Emserh).

Comentários

Comentários