AGED fiscaliza a entrada de máquinas e implementos agrícolas no Estado

Fiscalização de maquinário no dia 20 de abril no Posto Fixo de Estreito (Foto: Divulgação)

Com a chegada do período de colheita da soja nas lavouras de grãos no Maranhão e nos Estados vizinhos, há um aumento no fluxo de entrada de máquinas e implementos agrícolas em terras maranhenses, o que leva a Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão (AGED/MA) a fiscalizar o trânsito de maquinários e seus implementos, nos Postos Fixos de Fiscalização Agropecuária localizados nas divisas do Estado.

A fiscalização tem como objetivo evitar a propagação de pragas e doenças em nossas lavouras, as quais possam causar prejuízos econômicos ao Estado. A AGED intensifica o trabalho de fiscalização dos veículos transportadores e das máquinas e implementos agrícolas, buscando evitar a entrada de qualquer resto de cultura ou material orgânico proveniente de outro Estado, em cumprimento ao que determina a Portaria nº 681 de 4 de setembro de 2017.

Permanentemente, os técnicos de fiscalização agropecuária do Posto Fixo de Estreito, pertencente a Unidade Regional de Imperatriz, realizam a fiscalização para averiguar se a desinfestação de máquinas agrícolas foi realizada, conforme determina a legislação.

Durante a fiscalização é solicitada a apresentação de documentos exigidos na Portaria e realizada uma inspeção visual minuciosa nos veículos, máquinas e equipamentos para verificação da presença ou não de materiais disseminadores de pragas e doenças. Caso seja verificada a presença de tais materiais, o transportador é orientado a se dirigir até um posto de lavagem onde será feita a limpeza de todo maquinário, sob a supervisão técnica da AGED, a qual emitirá atestado de desinfestação para que o maquinário esteja apto a transitar em território maranhense. Caso o transportador se negue a efetuar os procedimentos recomendados na legislação vigente, será exigido, ao mesmo, o retorno imediato a origem.

Comentários

Comentários