Obras do Hospital do Servidor, em São Luís, seguem para a fase de conclusão

Terceira etapa das obras de ampliação do Hospital do Servidor estão sendo finalizadas na capital (Foto: Divulgação)

Notícia boa para a saúde da capital. A terceira etapa das obras de ampliação do Hospital do Servidor estão sendo finalizadas. Com os serviços de acabamento em execução nos blocos A, B e D, a obra está prevista para ser finalizada ainda este mês.

Os serviços agora estão concentrados na parte de acabamento da obra, com a instalação dos vidros e divisórias para o atendimento, a instalação das portas de madeira e a iluminação externa do prédio.

O primeiro andar dos blocos em execução corresponde à farmácia, a área de urgência, emergência e politraumatizados, lavanderia, cozinha e refeitório. No segundo pavimento ficam quatro salas de centro cirúrgico e 20 leitos de UTI, possibilitando o aumento do número de cirurgias no estado. E no terceiro pavimento fica o centro administrativo do prédio.

Para o secretário de Estado da Infraestrutura, Clayton Noleto, essa obra demonstra o cuidado da gestão estadual com a saúde dos servidores do estado. “É importante valorizar e cuidar da saúde daqueles que gerem nosso estado, por isso, essa é uma obra importante. Após essa terceira etapa de ampliação, os serviços de consulta e cirurgia serão mais rápidos e a fila de espera diminuirá”, concluiu o secretário.

Outras etapas

Na primeira etapa foram entregues 18 consultórios médicos, duas salas de espera, guarda pertences, balcão de informações e guarita. Ao final da segunda etapa, em julho de 2019, foram entregues os setores de imagem, oftalmologia e odontologia.

Composto por salas de atendimento, espera, coleta, entrega de laudos, ecocardiograma, teste ergométrico e ultrassonografia, o setor de imagem do Hospital do Servidor já está em funcionamento. Além disso, oito consultórios oftalmológicos e oito consultórios odontológicos foram construídos no anexo.

Ao final da terceira etapa da obra, o Hospital terá 104 leitos de internação, oito específicos de isolamento, 34 consultórios médicos e mais as salas para a realização de exames específicos. Tudo isso, com capacidade para atender 110 mil funcionários públicos do Estado. Desde a segunda etapa entregue e já em funcionamento, os servidores podem realizar consultas e exames em mais de 14 áreas médicas.

Comentários

Comentários