Boletim Criminal do IMESC aborda Crimes Violentos Letais no Maranhão

A 4ª edição do Boletim Criminal do Maranhão vem com o tema “Crimes Violentos Letais” e aborda a dinâmica espaço-temporal dessa modalidade criminosa no Brasil e no Maranhão. O boletim foi divulgado nesta quinta-feira (8) pelo Instituto Maranhense de Estudos Socioeconômicos Cartográficos (IMESC), autarquia vinculada à Secretaria de Estado de Programas Estratégicos (SEPE).

No período de 2015 a 2020, foi registrada no Maranhão uma redução significativa de 63,5% de incidência das ocorrências de CVLI (Concentração de Crimes Violentos Letais Intencionais no Maranhão). Recentemente, devido à pandemia da Covid-19 e ao aumento de disputas por território das facções e crises penitenciárias, principalmente no Nordeste (IPEA, 2020), apresentou-se uma pequena elevação das ocorrências no ano de 2020.

Entre os tipos de crimes violentos, os homicídios dolosos apresentaram a maior participação em toda a série de 2015 a 2020, compreendendo mais de 90% dos casos no Maranhão, tendo como principais vítimas os homens (93%) e jovens entre 19 a 29 anos (40%). As armas de fogo são as principais armas utilizadas pelos criminosos (67%) e os finais de semana são os dias de maiores de ocorrências desses crimes (19%).

“A redução da criminalidade no estado é resultado da forma como o Governo do Maranhão vem desenvolvendo ações de prevenção contra as ocorrências de crimes violentos letais por meio do programa estadual Pacto pela Paz, ampliando as políticas sociais e o fortalecimento das ações de inteligência, como por exemplo a Unidade de Estatística da SSP/MA, que atua em conjunto com a Superintendência Estadual de Homicídios, e possui equipes especializadas 24h por dia para atender os locais de crimes de homicídios”, explica o presidente do IMESC, Dionatan Carvalho.

Destaca-se que, somadas a essas ações, estão sendo desenvolvidas políticas públicas ligadas à reinserção de dependentes químicos na sociedade, ampliação e valorização do efetivo policial, capacitação de agentes de segurança pública, reestruturação do sistema penitenciário e reaparelhamento das unidades policiais civis e militares, dentre outras.

O Boletim Criminal tem como objetivo disseminar dados e informações para subsidiar a formulação, monitoramento e avaliação de políticas públicas de prevenção, controle e combate à violência no estado do Maranhão.

Confira o boletim na íntegra, clicando no link: http://imesc.ma.gov.br/portal/Post/view/boletim-criminal/426

Comentários

Comentários