Avança obra de construção de muro da sede do Corpo de Bombeiros do Maranhão

As chuvas ocorridas no final de 2019 e início deste ano provocaram problemas em alguns pontos de São Luís, dentre os quais no terreno em que está localizada a sede do Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão (CBMMA), na Avenida dos Portugueses. No local, as águas ocasionaram deslizamentos, problema que começa a ser solucionado pela construção de um muro, o que está sendo realizado pelo Governo do Estado, por meio da Agência Executiva Metropolitana (AGEM).

A obra foi iniciada em outubro. Atualmente, está em fase final de cravação de estacas. No total, são 65 metros de terreno incluídos nesta fase – metragem correspondente ao muro -, restando apenas 10m para a finalização. “Isso significa que já avançamos em 55 metros”, afirma o presidente da AGEM, Lívio Jonas Mendonça Corrêa.

Após a cravação de estacas será dado início ao processo conhecido como dobra de aço, que é a formação da armadura, para posterior produção do bloco de coroamento. Essas etapas antecedem o levantamento do muro de concreto armado, que é o produto final da obra. 

Antecedentes

A construção do muro de contenção atende a uma demanda feita pelo próprio Corpo de Bombeiros, quando foram detectadas rupturas em áreas do terreno em que está localizada a sede do CBMMA. O problema foi identificado por uma vistoria realizada por técnicos da corporação.

Essa análise gerou um relatório técnico encaminhado ao Governo do Estado, que delegou a demanda à Agência Executiva Metropolitana. Antes, já haviam sido feitos serviços paliativos, que não geraram o resultado esperado, pois a sede do Corpo de Bombeiros está localizada em uma área inclinada, onde os riscos de deslizamentos são naturais, sobretudo com as chuvas. “Com a construção do muro, novas rupturas e deslizamentos serão evitados”, finaliza Lívio Corrêa.

Comentários

Comentários