Governo investe R$ 3 bilhões em obras e serviços na Grande Ilha

Em lazer e cultura, o Governo investiu mais de R$ 41 milhões (Foto: Divulgação)

Desde 2015, o Governo do Maranhão já investiu R$ 3 bilhões em obras e serviços na Grande Ilha, composta pelos municípios de São Luís, São José de Ribamar, Paço do Lumiar e Raposa. 

“Sabemos que ainda há muito para ser feito, São Luís merece mais como nossa capital, mas temos realizado um amplo trabalho para que a cidade possa progredir economicamente e socialmente. Por isso, temos muitos exemplos de obras para mostrar o trabalho sério e comprometido que estamos realizando”, declarou o secretário de Estado da Infraestrutura, Clayton Noleto. 

Em mobilidade urbana, com ações do Programa Mais Asfalto, cerca de R$ 277 milhões foram investidos em restaurações de rodovias e pavimentação de ruas nas cidades. Na capital, mais de R$ 136 milhões foram aplicados em vias urbanas – somando 20 bairros contemplados com essas ações – e rodovias. Em São José de Ribamar, recentemente, foram recuperadas as ruas do Bairro Santa Rita e do Jardim Turu, que há muito tempo sofriam com a falta de investimentos. 

Outra obra importante que compõe o pacote de ações do Governo do Maranhão para a Grande Ilha é a Ponte Verde. Inaugurada recentemente pela Secretaria de Estado da Infraestrutura (Sinfra), a ponte tem 225 metros de extensão sendo o novo acesso entre as MA-201 e MA-202, o que diminuiu em cerca de 6,5 quilômetros o deslocamento entre as duas rodovias e possibilitou a melhoria no fluxo do trânsito na região.

Outra intervenção importante na área de mobilidade foi a requalificação e organização do trânsito na região da Forquilha. Foram necessários mais de R$ 11 milhões para desfazer a antiga rotatória, construir um novo acesso e abrir os novos retornos. Essa intervenção trouxe maior fluidez e agilidade ao trânsito, principalmente nos horários de pico.

Na área da educação, foram investidos mais de R$ 51 milhões em construções, reformas, e ampliações de unidades escolares. Além das unidades básicas, obras em Centros de Ensino e Institutos de Educação e Tecnologia fazem parte do extenso cronograma de expansão pedagógico do Governo do Maranhão. 

Uma das entregas mais marcantes este ano foi a inauguração da terceira etapa do IEMA Marista, na capital, que está se tornando a maior escola pública da história do Maranhão. Com curso técnico em Eventos, Informática, Meio Ambiente, Serviços Jurídicos e Produção de Áudio e Vídeo, o IEMA Centro é referência em ensino, inclusive com alunos com passagem internacional.

Os investimentos não param por aí, em saúde, 17 prédios hospitalares receberam ações e obras do Governo do Maranhão. Foram R$ 234 milhões aplicados em reformas e construção de estruturas que vieram para melhorar e aumentar os atendimentos médicos nos quatro municípios.

R$ 234 milhões foram investidos em saúde pública na Grande Ilha nos últimos 5 anos (Foto: Gilson Teixeira)

Uma entrega importante na saúde foi o Hospital de Traumatologia e Ortopedia do Estado, o HTO. Como segundo hospital da região nordeste a realizar procedimentos cirúrgicos e exames complexos nessa área específica, o HTO possui 44 leitos, sendo dez de UTI e foi resultado de um investimento de mais de R$ 5 milhões. 

Atualmente três grandes obras estão em andamento na região metropolitana. O Hospital da Ilha, localizado na Avenida São Luís Rei de França, está sendo construído para desafogar o fluxo de assistência na urgência e emergência e assim aumentar essa rede de atendimento estadual. Com valor de investimento orçado em mais de R$ 132 milhões, será o primeiro hospital do Estado a tratar pessoas com queimaduras, com a Unidade de Tratamento de Queimados. Além disso, contará com nove centros cirúrgicos, UTIs, laboratórios, setor de hemodiálise e tomografia e 212 leitos na primeira etapa.

Também está em construção o Hospital do Servidor. Ao final da terceira etapa da obra, o Hospital terá 128 leitos de internação geral, leitos de UTI, quatro leitos de isolamento, além de quatro salas de cirurgia (duas médias e duas grandes) e serviços de urgência e emergência. Tudo isso, com a capacidade para atender 110 mil funcionários públicos do Estado. Na última etapa entregue e já em funcionamento, os servidores podem realizar consultas e exames em mais de 14 áreas médicas. 

Além dessas obras, o Hospital da Criança, com atendimento e leitos exclusivos para a pediatria, recebeu do Governo do Maranhão um investimento de mais de R$ 12 milhões para ser ampliado. Com a reforma, a unidade vai dispor de um centro cirúrgico, 178 leitos de internação e 11 leitos de UTI, e passará a oferecer serviços completos de diagnósticos por imagem, como ultrassonografia e tomografia computadorizada, evitando o deslocamento dos pacientes que estão no local.

Buscando expandir também a área de segurança nos municípios, foram reformados pelo governo estadual 32 prédios onde funcionam instituições de segurança pública, dentre delegacias, batalhões e centros táticos. Com o aumento e qualificação de prédios, os profissionais recebem melhores condições de trabalho e podem desenvolver com mais eficiência suas funções.

O Centro Tático Aéreo (CTA) de São Luís está passando por melhorias. As obras envolvem o reforço estrutural com contrafortes, recuperação dos pisos do hangar, revisão da cobertura, drenagem e impermeabilização do terreno elevado e novas instalações elétricas no prédio central de controle. Isso traz mais agilidade e segurança aos serviços de atendimento aeromédico e resgates, exercidos pelo CTA. 

Além disso, mais de R$ 41 milhões foram investidos em obras em espaços públicos, como praças, mercados e ginásios. Como exemplo das ações, a região metropolitana ganhou três novos espaços para a prática de esportes e momentos de lazer com o Parque do Rangedor, a APA do Itapiracó e a Praça da Lagoa. Além de serem áreas de preservação, colaborando com o meio ambiente, os três espaços hoje são pontos importantes de diversão e descontração entre os cidadãos da Grande Ilha. 

No Rangedor, são oito praças com equipamentos para atividades físicas e playgrounds voltados ao público infantil, pista de caminhada e ciclovia com 3,5 quilômetros de extensão, além de uma vila de food trucks, estacionamento e Batalhão de Polícia Ambiental. Na APA do Itapiracó, são três grandes praças (Praça do Atleta, Praça da Criança e Praça da Família), com campos de futebol, quadra poliesportiva coberta, parquinhos infantis, circuito de skate, áreas para futebol de areia e futevôlei e outras 13 menores que circundam a reserva e formam trilhas ecológicas e pistas de cooper, somando mais de 10 km de áreas para caminhada.

A Praça da Lagoa foi um marco para a cidade de São Luís. Um equipamento importante para os moradores, mas que há muito tinha sido esquecido pelo poder público. O complexo hoje reúne áreas com quadras poliesportivas, ciclovias, praças, pista de bit soccer, pista de skate, pistas de caminhada e corrida e a Concha Acústica. Com um investimento de quase R$ 4 milhões, a área de 196 hectares hoje é atração para todas as faixas etárias, de crianças a idosos. 

Nova Feira da Cidade Operária garante mais segurança e melhores condições de trabalho aos comerciantes (Foto: Divulgação)

Reformas de mercados também incluem esse conjunto de ações do Governo na Grande Ilha. Na Cidade Operária, a obra da primeira etapa de ampliação do mercado local está sendo finalizada. Nesta primeira entrega, serão 118 boxes individuais novos com uma praça de alimentação que também abrigará os comerciantes locais e influenciará na economia da região. 

Todas essas ações de ampliações, reformas e construções de novos prédios em todas as áreas pilares para o desenvolvimento da cidade, fazem parte do compromisso do Governo do Maranhão com o bem-estar e qualidade de vida da população. Executando melhorias em prédios, locais públicos e em mobilidade urbana, os trabalhadores, moradores e visitantes conseguem desfrutar melhor dos ambientes e se deslocar com mais facilidade.

Comentários

Comentários