Fisioterapeutas do HCM participam de treinamento em oxigenoterapia nasal

Fisioterapeuta Romelson Silva informou que a técnica é menos invasiva (Foto: Divulgação)

Profissionais de fisioterapia do Hospital Dr. Carlos Macieira (HCM), em São Luís, participaram na última semana de um treinamento em oxigenoterapia nasal de alto fluxo. A unidade de saúde adquiriu equipamento específico para atender pacientes com insuficiência respiratória leve e moderada de oxigenação. A iniciativa é inédita na rede pública estadual.

A ação foi ministrada pelos fisioterapeutas Romelson Privado Silva e Will Silva Braga. Especializado há 12 anos em terapia intensiva adulta e pediátrica, Romelson explica que a técnica garante tratamento menos invasivo com diminuição do tempo de internação do paciente no hospital.

“A oxigenoterapia é uma técnica que ajuda a prevenir e tratar o paciente hipoxêmico, que tem um déficit geral de oxigenação de origem pulmonar ou extrapulmonar. Ela reverte o quadro e promove qualidade no tratamento, com mais conforto e diminuindo também o custo hospitalar”, explicou.

O hospital conta com um aparelho de oxigenoterapia nasal e a expectativa é ampliar a aquisição desse recurso para as cinco unidades de terapia intensiva. O HCM é a primeira unidade de saúde estadual a fazer uso do equipamento, como informa a fisioterapeuta e supervisora multiprofissional Alessandra Mesquita.

“Nesse primeiro momento faremos o treinamento da equipe de fisioterapeutas para conhecer o recurso e disseminar a outros profissionais. Nosso objetivo é ter o equipamento em todas as UTIs e o principal benefício é tratar doenças respiratórias agudas, como é o caso da Covid-19, de forma menos invasiva, causando menos prejuízo e com efeitos benéficos similares a uma entubação”, informou.

Comentários

Comentários