Governo e Conass avaliam projetos e planejam novas ações para área da saúde no Maranhão

Secretário Carlos Lula exalta os resultados positivos da Planificação no Maranhão (Foto: Rogério Sousa)

Representantes do Conselho Nacional dos Secretários de Saúde (Conass) estiveram no Maranhão avaliando os resultados de projetos desenvolvidos com a parceria da Secretaria de Estado da Saúde (SES). Além de avaliarem e acompanharem o andamento de projetos como o da Planificação da Atenção à Saúde entre outros do Programa de Apoio às Secretarias Estaduais de Saúde (Pases), os membros do conselho, junto com equipes da SES, iniciaram o planejamento de novas estratégias para o alcance de metas para a melhoria de indicadores na área da saúde.

“A parceria com o Conass tem apresentado resultados positivos que têm sido exemplo para outros estados do país. É preciso planejar e executar o que precisa ser feito, a fim de realizar um trabalho que apresente resultados concretos na saúde da população maranhense. Já avançamos em muitas áreas e muito mais estamos empenhados a realizar para atender às necessidades dos usuários do Sistema Único de Saúde”, destacou o vice-presidente do Conass para a Região Nordeste e secretário de Estado da Saúde do Maranhão, Carlos Lula.   

O secretário executivo do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), Jurandi Frutuoso, destaca o objetivo da reunião com os técnicos de saúde da SES. “O objetivo desse encontro é fazer uma avaliação dos resultados dessa parceria com a Secretaria de Estado da Saúde e, ao mesmo tempo, identificar os pontos que precisam ser fortalecidos para que os projetos evoluam com mais sustentabilidade. Hoje, o Maranhão tem apresentado resultados muito favoráveis, sendo inclusive case de sucesso em outros estados do país”, afirmou.

Entre os resultados positivos da parceria com o Conass está a redução da mortalidade materna no estado, alcançada a partir de projetos como o da Planificação da Atenção à Saúde. Segundo dados da Secretaria de Estado da Saúde (SES), os números de 112 óbitos no estado em 2015, reduziram para 106 casos em 2016, 95 em 2017, 86 em 2018 e 72 em 2019.

A Planificação da Atenção à Saúde (PAS), proposta do Conass e adotada pelo Governo do Maranhão, trabalha a qualificação da atenção à saúde da população, através, principalmente, da organização dos processos de trabalho na Atenção Primária à Saúde (APS), na Atenção Especializada (AE) e Hospitalar. O projeto está em desenvolvimento nas regiões de Timon, Caxias, Balsas e São João dos Patos. Em Caxias, por exemplo, em 2015, quando iniciou o projeto, a taxa de mortalidade materna era de 308,34/mil habitantes, em 2019, esse índice foi reduzido para 51,68/mil habitantes.

A chefe do Departamento de Atenção à Saúde da Família e coordenadora estadual do PlanificaSUS, Ana Carolina Fernandes, destacou o avanço da planificação pelo estado e os resultados positivos. “A planificação já está chegando à quinta região de saúde. Estamos em Timon, São João dos Patos, Caxias, Balsas e estamos indo para Barra do Corda, o que será um desafio, considerando a população indígena presente na área. É importante definir um novo planejamento especial para esta região”, enfatizou.

Comentários

Comentários