Apoio do Governo e ações de fomento garantem criação de 2 mil empregos no MA

O apoio ao grupo também garante o fomento aos âmbitos cultural, esportivo e social

Aquecidos por diversos estímulos do Governo do Estado, por meio de ações da Secretaria de Indústria, Comércio e Energia (Seinc), a geração de emprego e incentivo à classe empresarial no Maranhão vive sua melhor fase depois de passar por anos seguidos de saldos positivos. Um deles, é resultado do apoio ao Grupo Mateus, que prevê a abertura de mais 15 empreendimentos até o fim do ano.

Dos 15 empreendimentos, o grupo, que hoje é um conglomerado de empresas, estima inaugurar oito lojas até o mês de julho. As lojas serão instaladas nas cidades de São Luís, São José de Ribamar, Codó, Grajaú, Tutóia, Itapecuru-Mirim, Barreirinhas, Paço do Lumiar, Presidente Dutra, Barra do Corda, Santa Luzia do Tide e Buriticupu. 

Para o secretário da Seinc, Simplício Araújo, esse quadro significa um salto na criação de empregos locais, economia, oportunidades para empreendedores maranhenses e, consequentemente, expansão de negócios. “Com um saldo positivo atrás do outro, seja na criação de empregos, seja na abertura de empresas, o Maranhão demonstra que a melhor saída para se sobressair da crise, é com parcerias, transparência e ambiente democrático às mais importantes esferas econômicas”. 

O grupo garantiu, ainda, a geração de 2 mil empregos diretos e indiretos somente em São Luís, com o Centro de Distribuição, que teve total apoio do Governo do Estado e está localizado no Parque Empresarial de São Luís, complexo que está sob gestão da Seinc para abrigar dezenas de negócios e gerar diversas vagas de trabalho.

Para Simplício, toda a sinergia estabelecida pelo governador Flávio Dino, em cinco anos completos de gestão, acentua todo esse ciclo produtivo. “Os empresários hoje podem contar com apoio, suporte, orientação. Realizamos uma série de eventos e dinâmicas que priorizam a expansão do mercado de cada um. Os maranhenses, especialmente, são pilares importantes para nossa economia e para a criação de emprego e renda, além de favorecer a mão de obra local.”

Para além da esfera econômica, o apoio ao grupo garante o fomento aos âmbitos cultural, esportivo e social. Diversos projetos realizados pelo Governo contam com apoio do grupo, que opera no varejo de supermercados, atacarejo, móveis e eletrodomésticos, indústria de panificação, distribuição de medicamentos e construção no estado.

Comentários

Comentários