Maranhenses concorrem a Prêmio Nacional do Turismo

Saulo Ribeiro é professor do curso de Turismo da UFMA concorre ao Prêmio Nacional do Turismo 2019 (Foto: Handson Chagas)

O maranhense Saulo Ribeiro dos Santos está inscrito entre os cinco melhores currículos finalistas no edital Prêmio Nacional do Turismo 2019, do Ministério do Turismo (MTur). Ele é professor e coordenador do curso de Turismo da Universidade Federal do Maranhão (UFMA) com doutorado em Geografia pela Universidade Federal do Paraná (UFPR) e em Gestão Urbana pela PUC-PR, além de ser vice-presidente do Conselho Municipal de Turismo de São Luís.

Dentre os projetos destaques do maranhense estão o ‘Observatório do Turismo’; o ‘Comunidade Ativa’, com os quilombolas do município de Cururupu; ‘Turismo: do aprender ao ensinar’; ‘Paisagem urbana e turística’, voltado ao Centro Histórico de São Luís e a Revista Científica Turismo e Cidades.

“Sinto-me vangloriado e muito feliz, pois não represento somente a mim, a academia (Curso de Turismo da UFMA), mas sim, todas as pessoas que trabalham com a atividade turística no Maranhão, que movimenta mais de 54 setores da economia. Um em cada dez empregos no mundo estão relacionados diretamente com o Turismo. Acredito que este prêmio venha representar cada pessoa que sente, que vive a atividade em nosso estado”, esclareceu o professor Saulo dos Santos.

O projeto Observatório do Turismo foi criado pela Secretaria de Estado de Turismo do Maranhão (Setur) e hoje é desenvolvido em parceria entre a UFMA e as secretarias municipal e estadual de Turismo. NA UFMA, a coordenação desse projeto é feita pelo professor Saulo dos Santos e o instrumento serve para monitorar dados estatísticos do turismo no Maranhão, a partir de pesquisas periódicas de demandas turísticas.

A empresária maranhense Joana Paula Coelho também concorre ao Prêmio Nacional de Turismo pelas conquistas na área do empreendedorismo. Ao longo dos últimos três anos, ela desenvolveu ações à frente do Complexo Turístico Poço Azul, no município de Riachão. Nesse período, o Complexo vem recebendo investimentos na melhoria da qualidade no atendimento aos turistas e em infraestrutura, respeitando a natureza e com sustentabilidade.

Prêmio Nacional do Turismo 2019

A premiação objetiva identificar, reconhecer e premiar inciativas de destaque do turismo e profissionais que tenham inovado ou trabalhado de forma proativa para o desenvolvimento do turismo no país. Dentre os critérios de avaliação do MTur para a escolha dos finalistas está a análise, nos últimos dois anos, dos projetos de professores, empresários e profissionais em geral da área do Turismo no país.

O grande prêmio nacional do MTur condecora em duas categorias: Iniciativas de Destaque e Profissionais de Destaque no Turismo. Cada uma destas categorias possui subcategorias.

No caso de Iniciativas de Destaque as subcategorias são: Fortalecimento da Gestão Integrada e Descentralizada do Turismo – Gestão de Dados e Monitoramento no Turismo – Sensibilização, Qualificação, Certificação e Formalização no Turismo – Aproveitamento do Patrimônio Cultural e Natural para o Turismo – Turismo de Base Local – Produção Associada ao Turismo – Tecnologia no Turismo – Marketing e Comercialização do Turismo – Melhoria do Ambiente de negócios e atração de investimentos – Turismo Social.

Para Profissionais de Destaque no Turismo, as subcategorias incluem: Academia – Governo – Dirigentes e Parlamentares – Governo – Gestores e Técnicos – Empreendedores de Médio e Grande Porte – Micro e Pequenos Empreendedores – Organizações Não Governamentais – Imprensa – Mídias Sociais.

Ainda dá tempo para votar no maranhense até o dia 1º de dezembro, na plataforma do MTur (http://www.turismo.gov.br/últimas-notícias/13127-prêmio-nacional-do-turismo-2019-academia.html). A cerimônia de premiação será na próxima quarta-feira (4), em Belo Horizonte.

Comentários

Comentários