Vice-governador conhece diversidade de produtos locais no encerramento da Expo Indústria Maranhão 2019

Carlos Brandão no encerramento da Expo Indústria (Foto: Handson Chagas)

Nos últimos dias 6, 7 e 8 de novembro, a diversidade das atividades industriais do estado esteve à mostra na Expo Indústria Maranhão 2019. Na sexta-feira, 8, no encerramento da feira, o vice-governador Carlos Brandão visitou o evento e conheceu de perto a variedade e a qualidade do que é fabricado no estado.

Realizada no Multicenter Negócios e Eventos, em São Luís, a feira contou com uma vasta programação, que contemplava 170 empresas participantes, 70 estandes de exposição, além de rodadas de negócios, palestras, bate-papos, oficinas, workshops e painéis.

Carlos Brandão no encerramento da Expo Indústria (Foto: Handson Chagas)

A ideia é promover a competitividade das indústrias do estado, mostrar a importância do setor produtivo maranhense e possibilitar intercâmbio de experiências entre o setor produtivo e a população.

Em sua terceira edição, a Expo Indústria Maranhão promoveu três dias de incentivo a indústria, estimulando a competitividade, diversidade e inovação no setor produtivo.

Carlos Brandão percorreu cada pedaço da feira. O vice-governador conversou com os empreendedores e estudantes, conheceu novos projetos e tirou fotos com o Robozão, protótipo que une robótica à performance artística, que é sucesso nacional entre o público jovem.

Produzido no Maranhão

Carlos Brandão no encerramento da Expo Indústria (Foto: Handson Chagas)

Brandão dedicou boa parte da visita para conhecer e experimentar produtos confeccionados no estado, em exposição no espaço que reuniu as empresas que fazem parte do selo Produzido no Maranhão. Empreendedores de variados segmentos, como cervejas artesanais, produtos de higiene e limpeza, doces, geleias, entre outros, fazem parte do catálogo do selo e tiveram lugar cativo na exposição.

Ao lado do presidente da Fiema, Edilson Baldez, Brandão elogiou a iniciativa e comemorou o bom momento do segmento no Maranhão. Para ele, a Expo Indústria estimula geração de emprego e renda no estado.

“É uma oportunidade para a população conhecer, provar e consumir posteriormente. É um processo de geração de emprego, geração de renda. Queremos o fortalecimento das pequenas e micro empresas do nosso estado, para que elas ganhem dinheiro e gerem emprego. Estamos muito felizes em saber que os maranhenses estão aderindo a esse processo de industrialização e geração de negócios”, comemorou.

No Plenarium, principal auditório da feira, o vice-governador fez uma breve fala sobre a necessidade de atuação conjunta entre os variados segmentos para o incremento do setor industrial.

O presidente da Fiema, Edilson Baldez, ressaltou a parceria entre a Fiema, Governo do Estado e Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Maranhão (Sebrae/MA), para o sucesso dessa edição da Expo Indústria Maranhão.

Baldez também destacou a importância de preparação para a indústria 4.0, um dos eixos temáticos da feira, que diz respeito sobre o uso de novas tecnologias nos processos industriais.

“A Expo Indústria é importante para o Maranhão como um todo. Quer para empresários, quer para o poder público. O que estamos vendo aqui superou as expectativas, em nível de negócios, entretenimento e de palestras. O que nós vimos aqui é que as empresas maranhenses já deram um salto de qualidade muito grande e continuam se preparando para esse novo momento. A indústria 4.0 está nos levando a inovar. Está nos levando ao desafio. Mostra que nós temos que nos superar para que possamos ser competitivos”, concluiu.

Comentários

Comentários