Seir participa da Agritec de Barreirinhas e entrega Selo Quilombos do Maranhão a produtores quilombolas

A Secretaria de Estado da Igualdade Racial, (Seir) participa da 19ª edição da Feira da Agricultura Familiar e Agrotecnologia do Maranhão (Agritec), que acontece no município doe Barreirinhas de 6 a 8 de novembro, no antigo aeroporto da cidade, envolvendo também os municípios dos territórios Munim, Lençóis e Delta.

A Agritec é reconhecida por proporcionar aos produtores a exposição e venda de animais, artesanato e produtos agrícolas, demonstração de tecnologias simples, palestras e serviços prestados por órgãos estaduais e municipais.

Uma novidade desta edição da feira é a emissão do Selo Quilombos do Maranhão, um certificado social e territorial de produtos oriundos de comunidades quilombolas produzidos por pessoa física ou jurídica e que visa o fortalecimento dessa produção e da identidade das populações quilombolas perante a população em geral e em específico os consumidores.

Socorro Nascimento, gestora de povos e comunidades tradicionais e inclusão produtiva da Seir explica a finalidade do Selo Quilombos do Maranhão. “O Selo é um instrumento que vai dar visibilidade aos produtos agrícolas e não-agrícolas produzidos nos quilombolas do Estado do Maranhão“, pontuou a gestora.

“Além de mostrar no mercado que o produto quilombola é produzido de forma sustentável, ainda vai agregar valor a este produto, seja a farinha, a melancia, o milho, as hortaliças, as polpas de frutas, o pescado, o artesanato e outros”, completou.

Ainda segundo a gestora Socorro Nascimento, poderão receber o Selo Quilombos do Maranhão os agricultores e agricultoras familiares, pescadores artesanais, extrativistas, associações e cooperativas de agricultores e micro-empreendedores individuais, desde que estas pessoas e entes sejam quilombolas.

Joana Fazano, trainee de gestão pública na Seir, esclarece os passos para o produtor conseguir a certificação quilombola. “Para ter acesso ao Selo Maranhão Quilombola o produtor ou a associação quilombola deve encaminhar um email para Secretaria de Igualdade Racial – secigualdaderacial.ma@gmail.com – requerendo sua participação nesta política de inclusão produtiva e enviar cópias dos documentos pessoais, da comunidade quilombola ou do empreendimento para serem analisados”.

No site do selo (http://seloquilombos.ma.gov.br/) o produtor encontrará os modelos dos documentos necessários a serem enviados à Seir.

Comentários

Comentários