Serviço Travessia completa 1 ano de funcionamento em Caxias

Em Caxias são disponibilizados o Serviço Travessia Clássico e o Travessia Melhor Idade

O Serviço Travessia, oferecido pela Agência Estadual de Mobilidade Urbana e Serviços Públicos (MOB), se destina ao deslocamento de pessoas que fazem uso de cadeira de rodas, deficientes visuais e crianças com microcefalia, hidrocefalia e outras doenças neurológicas com alto comprometimento de mobilidade reduzida permanente. Possibilita a esses usuários acesso a serviços de saúde, educação, trabalho e lazer por meio de transporte gratuito porta a porta.

Em Caxias são disponibilizados o Serviço Travessia Clássico e o Travessia Melhor Idade. Com 70 usuários cadastrados, já foram realizados cerca de 1.200 atendimentos e mais de 2.200 viagens na região. A central de atendimento do Serviço Travessia em Caxias fica localizada na Rua 1º de Agosto, 797, Centro. O telefone para contato é (99) 3421 7270.

Para a moradora de Caxias, Raimunda de Oliveira, e o filho, o Travessia proporcionou uma significativa mudança na vida dos usuários desse serviço.

“O Travessia proporcionou uma melhoria muito grande na nossa vida. Antes não podíamos sair de casa, não tínhamos condição de fazer nada e hoje temos a possibilidade de nos deslocar pela cidade, participar de atividades de lazer e ir a muitos lugares. O Travessia leva a gente para onde quisermos. Eu e o meu filho somos gratos ao Serviço Travessia. Hoje, estamos felizes”, disse a moradora.

Maranhão

Presente em mais de 28 municípios do Estado, o Serviço Travessia já realizou mais de 90.000 viagens nos municípios participantes em três anos de funcionamento.

O Travessia está implantado nos municípios de São Luís, Caxias, Timon, Açailândia, Bacabal, Raposa, São José de Ribamar, Paço do Lumiar, Pinheiro, Imperatriz, Davinópolis, Senador Lá Roque, Governador Edson Lobão, João Lisboa, Presidente Dutra, Aldeias Altas, São João do Sóter, Coelho Neto, Tuntum, Graça Aranha, Governador Eugênio Barros, Gonçalves Dias, Governador Archer, Capinzal do Norte, Santo Antônio dos Lopes, Dom Pedro, Santa Luzia do Paruá e Codó.

Até o final do ano, mais 14 municípios da região de Itapecuru Mirim serão contemplados com o serviço, através do Travessia Saúde.

O presidente da MOB, Lawrence Melo, explica que o Travessia atende as necessidades e o direito de ir e vir das pessoas com deficiência. “Desde que foi implantado pelo Governo do Estado, a iniciativa proporciona acesso a serviços de saúde, educação, trabalho, lazer fazendo com que as pessoas com deficiência sejam incluídas, tenham visibilidade e dignidade. É um serviço muito assertivo e que dá, de fato, cidadania às pessoas”, afirmou.

“O Travessia tem garantido cidadania às pessoas com deficiência. Realizamos um serviço que mobiliza de forma positiva a vida das pessoas, oportunizando ao nosso público a possibilidade de uma vida com mais dignidade. Com a ampliação e interiorização do Travessia vamos continuar o nosso trabalho de levar a acessibilidade e qualidade de vida para as pessoas” disse a coordenadora do Serviço Travessia, Cricielle Muniz.

Comentários

Comentários