Gestores pedagógicos e professores dos Centros Educa Mais participam de formação

Secretário Adjunto da Seduc, André Bello, destaca compromisso do Governo do Estado em elevar a nota do IDEB (Foto: Lauro Vasconcelos)

Gestores e professores de Língua Portuguesa e Matemática, dos 36 Centros Educa Mais do Governo do Estado, participam até sexta-feira (11), no auditório do Centro Educa Mais João Francisco Lisboa (Cejol), de formação em parceria com o Instituto Qualidade no Ensino (IQE). A capacitação trabalhará sequências didáticas nas três séries do Ensino Médio, com foco nas habilidades e competências básicas de Língua Portuguesa e Matemática.

Professores dos 36 Centros Educa Mais participam do encontro (Foto: Lauro Vasconcelos)

A formação é ministrada pelos professores Marcelo Falcão Oliveira (Matemática), de São Paulo, e Ana José dos Santos (Língua Portuguesa), de Recife. A ideia é estimular a aprendizagem dos alunos nesses componentes curriculares com uma nova metodologia, mais interativa e dinâmica, incentivar boas didáticas, para o desenvolvimento integral dos estudantes em todas as suas dimensões.

“O governador Flávio Dino e o secretário de Educação, Felipe Camarão, estão empenhados em elevar o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica, do Maranhão. Hoje, nessa formação de nivelamento, com foco em Português e Matemática, é mais um passo para nós alcançarmos esse objetivo. Por isso, é tão importante a formação com professores e gestores da rede Educa Mais”, destacou o Secretário Adjunto da Seduc, André Bello.

Ao longo da capacitação, os professores foram divididos por componente curricular, onde debateram sobre os pontos fortes e planejaram ideias para combater os pontos negativos; também foi apresentado aos professores a sequência didática, que é um recurso muito importante para definir um procedimento encadeado de passos ou etapas ligadas entre si para tornar mais eficiente o processo de aprendizado.

“Eu vejo que esses momentos são de fundamental importância, porque interagimos com outros pares, outros colegas de Língua Portuguesa, que compartilham as suas práticas e suas experiências. E o trabalho de Língua Portuguesa não pode estar dissociado com o trabalho dos gêneros discursivos, por isso que são momentos importantes para motivação e mobilização dos professores, que serão os multiplicadores no estímulo aos alunos”, revelou a professora Ana José dos Santos.

“Acho que é um momento muito importante quando a gente reúne educadores, principalmente de Matemática, tão carente no nosso País, para discutir e debater sobre possibilidades, metodologias e dificuldades de aprendizagem. Enquanto professores de escola pública, podemos somar esses conhecimentos para contemplar nossos alunos com uma educação de qualidade”, completou o professor de Matemática, Marcelo Falcão Oliveira.

Comentários

Comentários