Divulgada relação dos finalistas do Prêmio Fapema Terezinha Rêgo

O Governo do Estado, por meio da Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (Fapema), divulgou, na segunda-feira (7), a lista dos finalistas do Prêmio Fapema Terezinha Rêgo 2019. A relação dos pesquisadores que concorrem ao prêmio está disponível no site da Fundação no endereço www.fapema.br. Os vencedores, em cada categoria, serão conhecidos na cerimônia de premiação, no dia 5 de dezembro, que acontecerá no Teatro Arthur Azevedo, na capital maranhense.

Os ganhadores receberão diploma e troféu oficial do concurso. O Governo do Estado do Maranhão destinou, ainda, recursos da ordem de R$ 200 mil para a premiação em dinheiro, a ser distribuído de acordo com a categoria e modalidade.

Considerada uma das mais importantes premiações científicas do Norte-Nordeste, o Prêmio Fapema tem como objetivo valorizar e reconhecer ações inovadoras e relevantes de pesquisadores, inventores e profissionais de comunicação com atuação de destaque no estado. As mais importantes instituições de nível superior estão presentes entre os finalistas – UFMA, UEMA, UemaSul, IFMA, IEMA e Uniceuma.

Estão previstas 50 premiações atribuídas às categorias Pesquisador Júnior, Jovem Cientista, Dissertação de Mestrado, Tese de Doutorado, Pesquisador Sênior, Jornalismo Científico, Inovação Tecnológica, Popvídeo Ciências e Prêmio Especial Fapema.

As produções finalistas do prêmio Popvídeo Ciências serão disponibilizadas no site da Fundação para que a população possa votar escolhendo aquela que melhor se comunica com a sociedade. A categoria é destinada aos estudantes do ensino médio ou técnico, graduação, mestrado e doutorado vinculados às Instituições de Ensino públicas ou privadas sem fins lucrativos, sediadas no Maranhão.

O prêmio será concedido aos vídeos melhores colocados (1º, 2º e 3º lugares), independente da área de conhecimento. Será valorizada a originalidade e habilidade do candidato para transmitir e divulgar a pesquisa em forma de conhecimento científico por meio de comunicação oral, concisa, clara e objetiva.

Em sua 15ª edição, o prêmio homenageia a professora Terezinha de Jesus Almeida Silva Rêgo, da Universidade Federal do Maranhão (UFMA). Farmacêutica e Bioquímica, com doutorado em Botânica pela Universidade de São Paulo (USP), Terezinha Rêgo, aos 85 anos de idade, segue sua dedicação à pesquisa científica, à frente do Herbário Ártico Seabra. “Trata-se do reconhecimento ao trabalho pioneiro, iniciado há mais de 50 anos, no âmbito da fitoterapia”, salientou o diretor presidente da Fapema, André Santos.

Comentários

Comentários