Maranhão inicia preparação para a maior missão empresarial brasileira à China

Secretário Simplício Araújo destacou a importância do intercâmbio com a China (Foto: Divulgação)

Diversos empresários participaram de reunião preparatória para mais uma edição da Missão Empresarial à China 2019, intercâmbio de negócios promovido pelo Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Indústria, Comércio e Energia (Seinc), em parceria com a Federação das Indústrias do Estado do Maranhão (Fiema) e Associação Comercial e Industrial de Imperatriz (ACII). O encontro foi realizado nesta nessa segunda (9) e terça-feira (10), em São Luís e Imperatriz.

Durante as reuniões preparatórias, os empresários receberam orientações e dicas pela empresa China Trade Center, que lembrou o roteiro da viagem, contemplado por visitas técnicas, institucionais e participação em eventos, como a maior feira multissetorial do mundo, a Canton Fair 2019, onde mais de 150 mil tipos de produtos são exibidos.

A Missão Empresarial Maranhense à China está se consolidando, desde 2017, na maior oportunidade para micro e pequenos empreendedores locais iniciarem atividades no comércio exterior e tem o objetivo de fomentar uma relação comercial permanente entre o estado e outros países, com foco na importação de equipamentos e artefatos industriais e na exportação de produtos locais.

O secretário de Indústria, Comércio e Energia, Simplício Araújo, explica que as reuniões são estratégias que ajudam a reforçar a produtividade da ação para uma experiência e intercâmbio com a China mais benéficos. “Na verdade, as reuniões fazem parte de toda a cadeia produtiva da Missão Empresarial, sendo importantes para auxiliar os empresários e favorecer uma viagem ainda mais proveitosa por eles”, destacou.

A estratégia da Seinc integra, de forma sólida, o pacote de viagens da China Trade Center, promotora do desenvolvimento das relações comerciais entre o Brasil e a China, que em 2018 permitiu a empresários maranhenses a visita a importantes feiras, além de visitas técnicas a empresas dos ramos de tecnologia, produção de carros híbridos, painéis solares, construtoras 3D, drones agrícolas e de sustentabilidade.

Comentários

Comentários