Estudantes e turistas comparecem ao Sarau Literário no Convento das Mercês

Encerramento do sarau aconteceu no Jardim dos Poetas (Foto: Divulgação)

Para celebrar a memória do poeta maranhense Bandeira Tribuzi, autor do hino “Louvação a São Luís”, a Fundação da Memória Republicana Brasileira (FMRB) realizou, na terça-feira (10), um Sarau Literário. O evento aconteceu no Convento das Mercês e foi realizado em conjunto com as Secretarias de Cultura (Secma) e Educação (Seduc), além de contar com a participação de turistas e estudantes.

O evento exalta a memória de um dos principais poetas do modernismo maranhense, que morreu em 8 de setembro de 1977. “Resgatar a memória dos expoentes da nossa literatura é também uma forma de preservar nosso patrimônio, que é uma das finalidades da FMRB”, destacou o diretor administrativo da Fundação, Rubenilson Soares.

Ator Uimar Júnior interpretou Bandeira Tribuzi (Foto: Divulgação)

No fim da tarde de terça, performances teatrais deram vida às poesias de Bandeira Tribuzi, encenadas pela Oficina de Interpretação SLZ e por servidores. No papel do poeta, o ator Uimar Júnior encerrou o Sarau com a apresentação do mais conhecido poema de Tribuzi: “Louvação a São Luís”, alçado pela própria opinião pública à categoria de hino da cidade, que foi tocado no mirante do Convento pela Banda do Bom Menino.

De acordo com Aparecida de Fátima, professora de Literatura da Escola Modelo, eventos dessa natureza ajudam a reforçar os conteúdos aprendidos pelos estudantes em sala de aula. “Trouxemos os alunos do 2º ano do Ensino Médio para fazer uma releitura do que eles já viram em sala de uma forma diferenciada, inclusive nos inspirando a reproduzir também na escola atividades assim”, afirmou a professora.

Para analista de RH, Ana Carolina Cantanhede, foi uma forma de conhecer mais sobre a literatura maranhense. “Já tinha lido algumas coisas, mas não conheço a fundo, e esse sarau foi uma forma de me incentivar a conhecer mais”, avaliou Ana Carolina.

O próximo evento literário da FMRB será um seminário sobre a obra do jesuíta Padre Antonio Vieira, que acontecerá nos dias 19 e 20 de setembro.

Comentários

Comentários