Governo faz ação em saúde alusiva ao Março Mulher na Feirinha São Luís

A ação contou com a distribuição de preservativos e géis lubrificantes, orientação, prescrição de fitoterápicos, testagem rápida, aferição de pressão e glicemia. (Foto: Julyane Galvão)

O Governo do Estado deu sequência, neste domingo (18), à programação alusiva ao Março Mulher, promovida pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), com uma ação montada na Feirinha São Luís, na Praça Benedito Leite. O objetivo é prestar uma maior assistência às maranhenses, divulgando e reforçando as ações permanentes de cuidados com a saúde feminina.

A ação em saúde, realizada em parceria com a Prefeitura de São Luís, incluía distribuição de preservativos e géis lubrificantes, orientação, prescrição de fitoterápicos, através do Programa Farmácia Viva, testagem rápida, aferição de pressão e glicemia e outros. Estavam envolvidos os departamentos de Saúde da Mulher, Educação em Saúde, de DST/Aids e hepatites virais, de Atenção ao Adulto e Idoso e a Farmácia Viva.

“Precisamos falar de prevenção, de violência e de saúde com as mulheres. Por isso, o Governo do estado, através da SES, ofertou esses serviços. Precisamos ter esse diálogo com elas, para dizer que elas têm que se cuidar, que as ferramentas para isso estão disponíveis da rede pública de saúde para a qualidade de vida desta mulher”, comentou a chefe do Departamento de DST/Aids da SES, Jocélia Frazão.

A ação contou com a distribuição de preservativos e géis lubrificantes, orientação, prescrição de fitoterápicos, testagem rápida, aferição de pressão e glicemia. (Foto: Julyane Galvão)

Um dos destaques foi a prescrição de fitoterápicos voltados para a saúde da mulher através do Programa Farmácia Viva, também da SES. O programa orienta a população a fazer o uso correto das plantas medicinais, agregando o conhecimento popular respaldado cientificamente à atenção primária à saúde.

“As plantas medicinais podem ser grandes aliadas da saúde da mulher. Porque possuem menos efeitos colaterais. Elas têm um percurso mais longo até fazer efeito, mas quando atingem o ponto de tratamento são eficazes, sem os efeitos colaterais que os medicamentos químicos e alopáticos têm”, explicou a coordenadora do Farmácia Viva, Kallyne Bezerra.

Entre as plantas usadas para promover a saúde da mulher destacam-se a amora (repositor hormonal), gengibre (perda de peso e acelerador do metabolismo) e chanana (aumento de imunidade e anti-inflamatório do colo uterino).

A farmacêutica Surama Lima aproveitou a oportunidade para pegar uma prescrição. Segundo ela, ações como a realizada na feirinha servem para lembrar às mulheres a importância dos cuidados durante todo o ano. “É de suma importância que o Governo faça algo voltado para a mulher. A mulher assumiu muitos papeis no dia a dia e, às vezes, se esquece dos cuidados com a saúde. Em todos os dias do ano, ela precisa estar atenta”, disse.

A ação contou com a distribuição de preservativos e géis lubrificantes, orientação, prescrição de fitoterápicos, testagem rápida, aferição de pressão e glicemia. (Foto: Julyane Galvão)