Maranhão tem o melhor resultado da série histórica na Rede Estadual de Ensino

Gráficos revelam elevação dos índices para o Maranhão

Gráficos revelam elevação dos índices para o Maranhão

O resultado do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) do Maranhão, em 2015, divulgado pelo Ministério da Educação nesta semana apontou que, além ter o segundo maior crescimento nacional no Ensino Médio, o estado obteve o melhor resultado da série história na Rede Estadual de Ensino, ao elevar os dois indicadores que compõem o Ideb: taxa de aprovação e proficiência em Língua Portuguesa e Matemática.

Com base nos dados divulgados pelo MEC, a taxa de aprovação chegou a marca de 79,4%, o maior percentual em 10 anos, registrado pelas escolas da rede. Conforme a série histórica de resultados do Ideb, que se iniciou em 2005, a maior taxa obtida até então pelo Maranhão era de 77,1. De lá para cá o estado seguiu sempre abaixo de 75,8. Esse indicador é calculado a partir dos dados sobre aprovação, obtidos no Censo Escolar.

ideb-1Os estudantes maranhenses também melhoram o desempenho em Língua Portuguesa e Matemática, com base nos resultados do SAEB (Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica – aplicado em uma amostra de escolas de Ensino Médio). O estado alcançou 3,82 em 2015, foi a maior nota desde 2005. Em 2011, a proficiência dos alunos era de 3,76 e em 2013 caiu para 3,58.

“Com esse crescimento, o Maranhão obteve o melhor resultado do Ideb da série histórica, que foi 3,1, e está apenas a 0,2 pontos de alcançar a meta estabelecida pelo MEC para o Ensino Médio. Ações voltadas para o fortalecimento desse nível de ensino na rede foram decisivas para esse resultado, pois o estado tem, hoje, um total de 277.677 alunos no Ensino Médio, o que corresponde a mais de 97% da matrícula pública no Maranhão”, avaliou Silvana Machado, Superintendente de Educação Básica da Seduc e especialista em Avaliação Educacional.

Foto 1 – Com investimentos do Governo, estudantes melhoram taxa de aprovação e proficiência em Matemática e Português. Foto: Divulgação

Foto 1 – Com investimentos do Governo, estudantes melhoram taxa de aprovação e proficiência em Matemática e Português. (Foto: Gilson Teixeira/Secap)

Em 20 meses de gestão, o atual governo vem desenvolvendo uma série de ações para melhorar os indicadores educacionais do Maranhão, com o fortalecimento do regime de colaboração com os municípios através do Programa ‘Escola Digna’; os programas de alfabetização de adultos; a política educacional para o Ensino Médio: “Mais Ensino Médio”, com foco na revitalização curricular e protagonismo juvenil; eleições diretas para a escolha de Gestores Escolares que envolve formação, plano de metas e avaliação de desempenho; obras de construção e restauração da rede física das escolas estaduais; programa de correção de fluxo para séries iniciais e finais do Ensino Fundamental; organização e recomposição do quadro de professores da rede estadual com concurso público realizado para 40 horas, processo de seletivo em andamento, ampliação de jornada e unificação de matrículas docentes; além do processo de implantação de Escolas de Educação Integral em tempo integral e de jornada curricular ampliada.

ideb-2“São ações estratégicas e concretas que já no primeiro ano do governo Flávio Dino impactaram diretamente nesse resultado do Ideb. Nossa expectativa é que no próximo Ideb, de 2017, daremos um salto de qualidade ainda maior na Rede Estadual de Ensino, com reflexo também nas redes municipais, responsáveis pelo Ensino Fundamental, e que vêm recebendo apoio da atual gestão”, enfatizou o secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão.

Comentários

Comentários