“Temos uma visão de priorizar o social”, diz Flávio Dino em seminário com mulheres rurais

Flávio Dino participa de seminário com mulheres rurais (Fotos: Handson Chagas)

O governador Flávio Dino conversou nesta segunda-feira (09) com trabalhadoras rurais e destacou a importância das ações sociais para melhorar a qualidade de vida da população que vive nas áreas mais distantes dos centros urbanos no Maranhão.

Flávio participou do Seminário Estadual sobre as Ações do Projeto para Fortalecimento da Autonomia das Mulheres Rurais, promovido em São Luís pelo Governo do Estado. A ideia foi reconhecer e valorizar a participação da mulher na agricultura.

Para a trabalhadora e artesã Maria do Amparo, da cidade de Caxias, “é uma iniciativa muito boa, porque está dando mais autonomia às mulheres. Elas eram mais ou menos esquecidas, não podiam aparecer, tinham que ficar em casa”.

“E num movimento desse, dá para ver que mulher não é só para forno e fogão, como diziam antigamente. Cada dia está subindo um degrau e declarando que não é isso. Marido e mulher são uma parceria, não é que alguém manda”, acrescentou.

Flávio Dino participa de seminário com mulheres rurais (Fotos: Handson Chagas)

O seminário também marcou o início de execução e um convênio do Maranhão com o governo federal para fortalecer a autonomia de grupos produtivos diversos. “É um projeto duplamente importante, porque de um lado tem a dimensão da geração de renda, e de outro a dimensão social”, afirmou o governador Flávio Dino.

“Esses grupos terão todo um processo muito específico sobre relações de gênero, de mercado”, explicou a secretária de Estado da Mulher, Laurinda Pinto. Ela acrescentou também que haverá orientação jurídica e outros suportes.

Social
Durante a conversa, Flávio destacou as ações do Governo do Estado para melhorar a qualidade de vida da população: “Estamos avançando, queríamos avançar na velocidade máxima, porém a situação econômica do país é essa que vocês estão vendo na TV. O que é importante: hoje, qualquer tema que vocês escolherem, a gente vai encontrar mais coisas do que quando a gente chegou”.

“A gente acumulou coisas positivas, sobretudo nesse território social, porque nós temos uma visão socialista, ou seja, de priorizar o social. Temos feito isso na prática, e esse evento aqui é uma demonstração disso. A razão principal de eu estar aqui é estimulá-las, animá-las a vencer as dificuldades”, acrescentou.

A secretária Laurinda Pinto ressaltou a importância de um trabalho específico de capacitação e formação para fortalecer os processos produtivos envolvendo as mulheres, já que frequentemente a pesada rotina inclui diversas outras atividades diárias. Ela também lembrou que todos os municípios do Plano Mais IDH estão incluídos no projeto.