Sagrima inicia implantação de novo Agropolo na região do Médio Sertão

 

Produção no Agropolo da Ilha.: Foto/Gilson Teixeira

O Programa Agropolos vem se avançando e se expandindo para diversas regiões do estado, executado pela Secretaria de Agricultura, Pecuária e Pesca (Sagrma). Depois dos agropolos da Ilha, Rio Balsas, Rio Tocantins e Rio Mearim, agora a região do Médio Sertão terá seu polo implantado, durante seminário que será realizado neste sábado, 18, em São Domingos do Maranhão, com produtores, sindicatos e parceiros do programa.

O objetivo dos agropolos é desenvolver os potenciais produtivos das várias regiões do estado. Em parceria com produtores, sindicatos, instituições financeiras, de ensino e pesquisa, são realizadas ações para aumento da produção, difusão de novas tecnologias e incentivo à agroindustrialização e comercialização de produtos maranhenses.

Para o secretário da Sagrima, Márcio Honaiser, a implantação de um novo agropolo reforça a parceria entre governo e instituições participantes do programa e leva conhecimento e tecnologia a mais uma região do estado. “Assim como hoje os produtores do Agropolo da Ilha conseguem abastecer supermercados da Região Metropolitana com hortifrutis e ter mais renda e qualidade de vida, queremos levar essas oportunidades a mais regiões, com capacitação, equipamentos e assistência para elevar o patamar tecnológico e de produção em todo o estado”, frisou.

Atualmente, o programa possui 250 Unidades de Referência de Produção (URPs) nos polos já implantados ou em implantação, que recebem insumos, como sementes e biofertilizante, assistência técnica e gerencial e novas tecnologias, como módulos experimentais de captação de energia solar.

O Programa Agropolos interage com o Programa ‘Mais Produção’ ao implantar ações das cadeias produtivas prioritárias nas URPs, de acordo com a vocação produtiva de cada região.