Programa Mais Estágio “abre muitas portas para nós”, dizem alunos selecionados

Foto: Gilson Teixeira/Seca

Estudantes que nunca haviam conseguindo entrar no mercado de trabalho por falta de oportunidade estão encontrando no Programa Mais Estágio uma porta aberta para a vida profissional. A iniciativa foi lançada oficialmente pelo governador Flávio Dino na sexta-feira (11), em parceria com agências de estágio e empresas públicas e privadas. São 500 vagas nesta fase inicial.

“Essa oportunidade abre muitas portas para a gente”, diz Tatiane Lopes de Morais, 17 anos, uma das selecionadas. “Estou achando ótimo porque são poucas as chances de entrar no mercado de trabalho hoje em dia”, afirma a estudante do 3º ano do ensino médio na Escola Modelo Benedito Leite.

Outra selecionada, Leiliane de Sousa de Araujo, 17 anos, buscava estágio havia um ano. “Fui em agências de estágio, pesquisei em sites e nada. Agora que consegui essa vaga, vou aprender muito e juntar dinheiro para a faculdade”, diz ela, que está no 3º ano da Escola Modelo.

Kaio Pereira vê o estágio como estímulo para o crescimento profissional. Foto: Gilson Teixeira/Secap

Para Kaio Felipe Santos Pereira, 19 anos, também aluno da Escola Benedito Leite, o primeiro estágio vai trazer novas experiências de vida: “É uma experiência maravilhosa que vai ampliar minha visão e fazer com que eu não desista dos meus sonhos”.

Vagas
O Mais Estágio começa a operar com 500 vagas, mas a meta do programa é atingir mais mil vagas até o início de 2018. Segundo o secretário de Educação, Felipe Camarão, o programa foi retomado após um hiato de sete anos.

“O programa estava parado no Maranhão porque, no passado, o estágio foi desvirtuado e feito de emprego, com estudantes em desvio de função”, afirma Camarão. Após instituição de decreto estadual em março deste ano, a oferta de estágio foi regularizada junto ao Ministério Público do Trabalho (MPT).

Investimentos em educação
“O Mais Estágio é um desses programas que visam complementar a formação educacional porque possibilita a experiência e a vivência, que ensinam muito”, afirma o Flávio Dino, destacando também outros investimentos em educação.

Leilane Araujo procurava estágio havia um ano e está feliz com a oportunidade. Foto: Gilson Teixeira/Secap

“Estamos inaugurando uma escola a cada dois dias no nosso estado e sabemos que precisamos fazer cada vez mais”, declara Dino. “Nós sabemos que um dos espaços de aprendizado mais importante é a escola, por isso estamos investindo tanto”, conclui.

Como participar 
Para participar do Mais Estágio, basta ser aluno regular de ensino médio da rede pública ou particular, com idade a partir de 16 de anos. Estudantes de escola pública têm preferência no preenchimento das vagas. As inscrições podem ser feitas por meio do site da Seduc (www.educacao.ma.gov.br), onde estão disponíveis mais informações sobre o programa.