overno avança para sua 11° Agritec com mais de 14 mil agricultores familiares capacitados

Indo para mais uma edição da Agritec, Governo comemora mais de 14 mil capacitações de agricultores. Foto: Divulgação

O Governo do Estado, por meio do Sistema SAF (composto pela secretaria de Estado da Agricultura Familiar- SAF, Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural- AGERP e Instituto de Colonização e Terras doMaranhão- ITERMA), junto aos parceiros Embrapa, Sebrae e movimentos sociais (FETAEMA, MST, ACONERUQ, MIQCB E FETRAF-MA), avança paraa 11° Feira de Agricultura Familiar e Agrotecnogia do Maranhão (Agritec)com grandes avanços em capacitação, conhecimentos e apoio à comercializaçãoda agricultura familiar no Estado do Maranhão.

O município de Barra do Corda sediará a primeira Agritec do território Centro do Maranhão nos dias 22 a 24 de junho, a segunda edição de 2017 edesde 2015 já compõe a 11ª edição já realizada pela governo do Estado. A Agritec do território Centro do Maranhão será realizada nos dias 22 a 24 dejunho na Av. Eliézer Moreira, s/n, Bairro Incra, em Barra do Corda – MA.

Nos anos de 2015, 2016 e primeiro trimestre de 2017, a Agritec capacitou 14.683 agricultores familiares e movimentou mais de R$ 700 mil emcomercialização e cerca de R$ 15 milhões em contratos com instituições financeiras. A feira já foi realizada nos municípios de São Bento, Caxias, Açailândia, Bacabal, Chapadinha, Codó, Grajaú, Viana e Zé Doca. Este ano aAgritec já foi sediada por Paraibano e agora será em Barra do Corda.

Para 2017, o Governo do Estado chegará até os municípios de Santa Luzia, Itapecuru-Mirim e Cururupu beneficiando os agricultores familiares dos territórios do Vale do Pindaré, Vale do Itapecuru e Baixada Ocidental.

Para o secretário de Estado da Agricultura Familiar, Adelmo Soares, a Agritec é uma feira que, por onde passa, deixa grandes resultados. Já são quase 15 mil agricultores familiares capacitados. “A  Agritec vai para sua11° edição com saldo positivo. Com muito trabalho e fortes parcerias estamos atingindo o objetivo do governo do estado ao criar a Feira, que é desenvolver o Maranhão por meio do conhecimento e da produção”, pontuou.

“O nosso propósito é fazer o nosso produtor rural crescer e se desenvolver cada vez mais, por isso, a missão da Agritec é levar o conhecimento a quemleva o alimento à nossa mesa para que ele possa ter cada vez mais dignidade”, concluiu o presidente da Agerp, Júlio Mendonça.

As Agritecs têm o objetivo de garantir o acesso do agricultor familiar ao conhecimento e às novas tecnologias, de modo que ele possa melhorar aprodução quantitativa e qualitativamente. Além disso, as feiras são um espaço reservado à divulgação e à comercialização dos produtos dosagricultores familiares e de acesso às instituições financeiras, entre outras oportunidades.

Indo para mais uma edição da Agritec, Governo comemora mais de 14 mil capacitações de agricultores. Foto: Divulgação