Moradora recebe Minha Casa, Meu Maranhão e dorme sem medo pela 1ª vez após anos

Moradia adequada em Água Doce após Minha Casa, Meu Maranhão. Foto: Nael Reis/Secap

Hosana da Conceição, moradora de Água Doce do Maranhão, passou muitos anos sem dormir direito à noite. Não era insônia. Era medo de o teto cair: “As madeiras já estavam todas podres”. O medo passou e o sono tranquilo voltou após Hosana receber uma unidade do Minha Casa, Meu Maranhão. “Agora tá tudo bem, já durmo à noite”, conta.

Hosana recebeu uma das casas entregues pelo programa do Governo do Maranhão em Água Doce. O Minha Casa, Meu Maranhão substitui moradias precárias e ameaçadas por lares dignos.

Cem famílias dos povoados Iguajirú, Frexeiras e Coqueiro receberam as casas e a visita do governador Flávio Dino na semana passada. Mais de mil famílias ainda serão contempladas nesta primeira fase. As unidades vêm com serviço de abastecimento de água.

“É uma mudança muito grande. Realizei meu sonho de ter uma casa. Eu não dormia de noite, com medo de a casa cair por cima de mim, ficava se estralando toda, ainda mais chovendo”, lembra Hosana. “Dava graças a Deus de amanhecer porque, pra mim, a casa iria cair”.

Moradia precária em Água Doce antes do Minha Casa, Meu Maranhão. Foto: Nael Reis/Secap

Quem também está de casa nova em Água Doce é a moradora Leda Maria: “Mudou muito, já me sinto grandiosa. Não só eu como toda minha família, que sempre teve esse sonho”.

O programa
O Minha Casa, Meu Maranhão está construindo mais de 3 mil novas casas e apartamentos em povoados dos 30 municípios mais pobres do Maranhão.

Com rede de abastecimento de água e espaço para atividades de agricultura, as unidades habitacionais fazem parte do conjunto de políticas públicas do Plano Mais IDH, principal estratégia do Governo do Maranhão para superação da extrema pobreza nestas 30 cidades com menor Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) do estado.

Nos próximos meses serão entregues todas as 1.500 unidades da primeira etapa do Programa. A partir do início do ano que vem, o Governo do Maranhão iniciará a entrega das primeiras unidades referentes às 1.500 novas habitações na segunda etapa do programa.

Moradia adequada em Água Doce após Minha Casa, Meu Maranhão. Foto: Nael Reis/Secap