Governador

flavio_foto_300_400Flávio Dino de Castro e Costa

Flávio Dino tem 46 anos, é advogado e professor de Direito da Universidade Federal do Maranhão e ex‐deputado federal (2007/2011). Foi eleito governador com 63,52% dos votos, que representa um total de 1.877.064 votos. É casado com Daniela Lima e tem três filhos.

Ao longo da vida estudantil, Flávio Dino foi presidente do Grêmio Estudantil Coelho Neto, do Colégio Marista, em 1984. Foi também secretário-geral do Diretório Central dos Estudantes da UFMA, entre 1986 e 1987 e coordenador-geral do Diretório Central dos Estudantes da UFMA, entre 1987 e 1988.

Na magistratura, Flávio Dino foi juiz federal por 12 anos, exerceu os cargos de secretário‐geral do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), presidente da Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe) e assessor da presidência do Supremo Tribunal Federal (STF). Seu primeiro emprego foi garantido através de concurso público no Tribunal Regional do Trabalho – MA.

Em 2006, se filiou ao Partido Comunista do Brasil (PCdoB) após abandonar a magistratura e se candidatar a uma vaga na Câmara dos Deputados. Eleito deputado federal como quarto mais votado do Maranhão, se destacou como um dos principais nomes da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJC), a principal comissão da Câmara dos Deputados. Em 2010, foi eleito um dos parlamentares mais influentes do Brasil pelo Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (DIAP) e eleito por quatro anos consecutivos, um dos melhores parlamentares do país pelo site Congresso em Foco.

Com o destaque conseguido em dois anos como deputado federal, lançou‐se candidato à prefeitura de São Luís, em 2008 e, em 2010, disputou a eleição para governador. Nas duas eleições ficou em segundo lugar.

Na vida acadêmica, é professor de Direito na Universidade Federal do Maranhão desde 1993, lecionou na Faculdade de Direito da Universidade de Brasília (UNB), de 2002‐ 2006. Possui Mestrado em Direito Público pela Universidade Federal de Pernambuco.

Entre 2011 e 2014, Flávio Dino presidiu o Instituto Brasileiro de Turismo, ocasião em que a Embratur alcançou a marca anual recorde de 6 milhões de turistas estrangeiros. Desde que saiu da Embratur em Março de 2014, Flávio Dino passou a ministrar aulas de Direito Ambiental na Universidade Federal do Maranhão.