Governo garante a efetivação do programa Bolsa Escola com mutirões para entrega de cartões 

Foto: Divulgação

O Governo do Estado atua para garantir que o cartão do Bolsa Escola chegue de fato às mãos dos beneficiários ainda no início do ano letivo. Para isso, intensificou a realização dos mutirões para entrega dos cartões em todo o estado, em ações coordenadas pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Social (Sedes) em parceria com as prefeituras municipais.

Só neste ano, os mutirões já foram realizados nos municípios de Caxias, Timon, Coroatá, Codó, Amapá do Maranhão, São José de Ribamar, Paço do Lumiar e Raposa. No próximo sábado (25) será a vez dos beneficiários de São Luís receberem os cartões em uma grande ação que acontece das 8h às 17h, no Centro de Convenções da Universidade Federal do Maranhão (UFMA).

Uma das vantagens de receber o cartão do Programa Bolsa Escola nos mutirões é que ele já vem desbloqueado, pronto para efetuar a compra de material escolar. Essa medida visa facilitar o acesso ao recurso, em especial das famílias em maior situação de vulnerabilidade social, que não tem acesso à internet e muitas vezes nem mesmo à telefone fixo ou celular para fazer o desbloqueio.

Outra estratégia utilizada foi a pactuação com a prefeituras para que a entrega dos cartões seja realizada nos municípios conforme gestão local.

“O programa Bolsa Escola chega para todo o estado, todos os municípios são participantes do programa. Nós temos mais de um milhão de crianças e adolescentes que são beneficiárias. Portanto, essa parceria com os municípios vai facilitar o acesso dessas pessoas que precisam pegar o cartão e tirar dúvidas sobre o programa, elevando assim o índice de participantes e de efetividade do programa”, pontuou Neto Evangelista, secretário de estado de Desenvolvimento Social.

Para quem não tem renda fixa e depende de trabalhos sazonais na roça ou na casa de outras famílias, o auxílio está contribuindo para a educação de mais qualidade para os filhos, como afirmou dona Idenilde Cardoso da Silva, do município de Codó, que tem seis filhos beneficiados desde o ano de 2016.

“O Bolsa Escola ajuda demais e a gente espera continuar recebendo ano que vem. Porque antes era muito difícil. Eu comprava por partes, de uns filhos antes, outros depois, com ajuda dos trabalhos que eu fazia, com lavagem de roupa.Hoje com o programa, é uma tranquilidade que a gente tem no começo do ano”.

A quebradeira de coco Vilma Vieira, também de Codó, mãe de 5 filhos, afirmou que o auxílio do Bolsa Escola chegou na hora certa. “Eu vim receber meu cartão essa semana e essa ajuda chegou na hora certa. Para gente ajuda muito, eu compro todos os materiais que eles precisam, tudo de qualidade, e eles gostam, ficam mais interessados nas aulas”, disse.

Para quem trabalha no dia a dia com as famílias que recebem o auxílio do Bolsa Família e Bolsa Escola, é visível a mudança que acontece na vida das pessoas, como comenta Márcio Terto, gestor dos programas em Codó.

“Observamos a alegria das famílias que são beneficiadas no programa Bolsa Escola. A maioria sempre fala que vai poder comprar produtos de qualidade. Eles sempre dizem que vem em boa hora. Esse ano eles ficaram mais satisfeitos por conta do aumento no benefício que passou a ser de R$ 51. Para mim como gestor é maravilhoso fazer parte desse projeto”.

No município de Codó foram distribuídos 3,9 mil cartões. Na região, 24.257 estudantes são atendidos pelo programa. Em São José de Ribamar, 4,6 mil alunos também receberam seus cartões em mutirão realizado recentemente pela prefeitura com apoio da Sedes. Em Coroatá, mais de 13 mil estudantes que estão recebendo o benefício, entre eles os três filhos de Maria do Livramento da Silva, dona de casa.

“Nunca pensei que iria receber algo tão bom do governo. Uma ajuda que veio na hora certa e vai sim fazer a diferença no Maranhão. Agradeço ao governador Flávio Dino por ter tido coragem de fazer ações pensando nas pessoas mais carentes” disse a beneficiária.

Mutirão Em São Luís

As ações do ‘Bolsa Escola’ garantem incremento financeiro de mais de R$ 1,2 milhão para famílias do Maranhão. Na capital, são 85.676 estudantes beneficiados e um incremento de mais de 4,3 milhões no comércio de material escolar, por meio do programa.

No mutirão que acontece neste sábado (25), serão entregues 16 mil cartões no horário das 8h às 17h. As famílias terão a facilidade de já receber os cartões desbloqueados, prontos para realizar a compra de materiais. No local terão à disposição estandes de 12 estabelecimentos credenciados no programa e poderão já sair do mutirão com os materiais escolares comprados.

Além da distribuição de cartões, o mutirão oferecerá um ponto de informações para tirar dúvidas; o espaço comércio, onde ficarão os estandes das lojas; e o espaço criança com contação de histórias, teatro, atividades de pintura, jogos, brincadeiras infantis, oficinas de leitura, mágico e brinquedos infláveis.

As famílias que ainda não receberam o cartão podem consultar mais informações no site www.bolsaescola.sedes.ma.gov.br, onde é possível consultar o benefício do Bolsa Escola 2017.