Flávio Dino apresenta exitosa experiência de governança em diálogo com estudantes da FGV de São Paulo

 

Flávio Dino ressaltou, também, investimentos feitos pelo governo estadual no combate às desigualdades sociais. Foto: Divulgação

O governador Flávio Dino participou de um amplo diálogo com jovens estudantes da Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas (FGV/EAESP), nesta segunda-feira (7). Na ocasião, ele apresentou aos alunos a exitosa experiência de governança à frente do Maranhão e foi um dos debatedores da discussão ampliada sobre a conjuntura nacional e o futuro do Brasil.

A convite da mentoria do Estudo de Política em Pauta (EPEP/FGV), Flávio Dino iniciou o evento em São Paulo com uma roda de diálogo com os estudantes sobre os desafios de governar um estado em tempos de aguda crise nacional. Questionado pelos alunos, o governador falou sobre a superação do processo coletivo histórico de governança em um estado enraizado socialmente por uma política oligárquica.

De acordo com Flávio Dino, “introduzimos mudanças institucionais” com práticas inovadoras. “Como a questão do fortalecimento da transparência”, que, no atual Governo, atingiu a marca de 100% – sendo exemplo nacional – mas que outrora eliminava 40% devido a existência de filtros para camuflar os gastos públicos.

Ele enfatizou os principais investimentos no Maranhão, sobretudo no “programa educacional vigoroso”, o Escola Digna, que está substituindo estruturas de palha e barro por escolas de alvenaria, além de reformar e reconstruir uma escola a cada dois dias de Governo. Flávio Dino mostrou aos alunos uma foto do antes/depois de uma das unidades, e eles ficaram impressionados com as mudanças que estão ocorrendo no Maranhão.

“Implantamos práticas administrativas inovadoras. O nosso investimento principal é no combate às desigualdades sociais”, ressaltou Flávio Dino, que disse ter como foco obstinado a transformação do estado por meio da educação. Ele citou ainda iniciativas como o Bolsa Escola, Iemas [Instituto de Educação do Maranhão], valorização e capacitação de professores, entre outros, para diminuir o déficit social e os “processos de manutenção dessa desigualdade, que tem uma forma inercial”.

Conjuntura nacional
Ao lado de Maria Rita Kehl, psicanalista e membro da Comissão Nacional da Verdade, e Luiz Carlos Bresser-Pereira, professor emérito da FGV, Flávio Dino participou do debate ‘Conjuntura e Crise no Brasil: as saídas políticas’. Em sua explanação, o governador do Maranhão fez uma análise geral, abordou as contradições existentes no país e apresentou os desafios que precisam ser enfrentados.

“Falemos do futuro, do Brasil e da esperança. Precisamos reenergizar a sociedade para que o país volte a crescer, para dar à juventude um futuro melhor”, pontuou Flávio Dino, que foi bastante aplaudido pelos estudantes que lotaram o auditório para acompanhar o debate.

Flávio Dino ressaltou, também, investimentos feitos pelo governo estadual no combate às desigualdades sociais. Foto: Divulgação