Em fase de conclusão, Governo vistoria obras da Casa de Apoio do Projeto Ninar

Casa de Veraneio dos governadores, que a atual gestão do Governo do Estado está adaptando para funcionar como Casa de Apoio Ninar. Foto: Divulgação

“A Casa de Apoio do Projeto Ninar vai ser muito importante, principalmente para a gente que mora no interior e precisa de acompanhamento na capital”, disse Maria Vilani Barros da Silva, de 22 anos, mãe de Maria Vitória de 1 ano e três meses.  Maria Vilani é uma das mães que estão ansiosas para a inauguração da Casa de Apoio do Projeto Ninar, uma iniciativa do Governo do Estado planejada para ampliar a assistência às crianças com microcefalia e suas famílias. As obras, em conclusão, foram vistoriadas, na última semana, por representantes da Secretaria de Estado da Saúde (SES).

O novo local da Casa de Apoio do Projeto Ninar será onde antes estava instalada a Casa de Veraneio do Governo, na praia de São Marcos, em São Luís. Funcionará como extensão ao atendimento realizado no Centro de Referência em Neurodesenvolvimento, Assistência e Reabilitação de Crianças (Ninar), no Hospital Dr. Juvêncio Mattos. Também será um espaço para as mães das crianças. Terá consultórios para atendimento multiprofissional, além de espaços para atividades em grupo, dormitórios, cozinha e lavanderia.

A mãe Maria Vilani acrescentou que esse era o suporte que as mães e as crianças estavam precisando. “Moramos em Araioses, mas estamos sempre em São Luís para atendimento no Ninar. Às vezes precisamos passar uma semana antes de retornar para o interior, por isso essa casa vai ser muito boa pra gente. Estou muito feliz e ansiosa pela inauguração”, afirmou a mãe de Maria Vitória, que é atendida no Ninar desde que nasceu.

Vistoria

Casa de Veraneio dos governadores, que a atual gestão do Governo do Estado está adaptando para funcionar como Casa de Apoio Ninar. Foto: Divulgação

Durante vistoria às obras da Casa de Apoio, o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, reforçou o objetivo do equipamento. “Com a implantação da Casa de Apoio do Ninar, o governo, além de destinar um funcionamento adequado ao prédio público, promove uma mudança real no cotidiano de maranhenses, especialmente de mães de crianças com microcefalia. Com ações como essa, o poder público estadual privilegia quem realmente deve ser privilegiada, que é a população, que merece acesso a serviços como esses que serão oferecidos aqui”.

O secretário de Estado da Infraestrutura, Clayton Noleto, informou que a obra é importante para a população maranhense. “Essa é uma obra de grande simbologia. Nós trabalhamos com muita dedicação e capricho, tendo em vista esse simbolismo de um prédio público que antes era usado para festas, beneficiando poucas pessoas, e, agora, será usado como equipamento público na área da saúde, para atender principalmente as pessoas que mais precisam. Nos sentimos honrados em participar desse projeto de viabilização desse equipamento”, disse.

Para transformação da casa em um espaço adequado para o fim a que se destina, o Governo do Maranhão investe R$ 600 mil. “Estamos adaptando todo o imóvel para que os serviços possam ser oferecidos em espaços seguros e acessíveis. Para isso, entre outras alterações estruturais, tivemos que fazer algumas rampas e adaptamos os banheiros”, destacou Natália Grill, engenheira responsável pela obra.

Também acompanharam a vistoria, a subsecretária de Estado da Saúde, Karla Trindade, e a secretária adjunta de Assistência à Saúde, Teófila Monteiro. “Com mais essa casa, o Governo do Estado reduz mais um vazio assistencial no que se refere ao atendimento às crianças com microcefalia. Estamos, com a casa do Ninar, suprindo carências da população maranhense e, com isso, avançando no processo de reorganização da rede”, reforçou a secretária adjunta.