Caema vai fazer abastecimento prioritário com caminhões-pipa durante parada do Italuís

Diretores e funcionários da empresa repassaram os últimos detalhes para a interligação da nova adutora e operação da subestação. Foto: Divulgação

A Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema) vai disponibilizar 30 caminhões-pipa para abastecimento de água prioritário em São Luís. A medida visa diminuir os transtornos causados pela parada do Sistema Italuís, necessária para troca de uma subestação elétrica e interligação da nova adutora.

Mas a Caema alerta que, apesar dos caminhões-pipa, é fundamental que os moradores armazenem água antes. Os caminhões não têm como abastecer uma grande parcela dos moradores (veja abaixo os bairros atendidos pelo Italuís), por isso, é importante armazenar água. O Sistema atende 600 mil pessoas na capital. A nova adutora está sendo instalada para aumentar o abastecimento a essas pessoas.

A parada do Italuís será feita entre 0h desta quarta (16) e 13h de sábado (19). A água vai retornar gradualmente às residências. Como a água percorre diferentes caminhos e distâncias, a volta do abastecimento vai ocorrer em períodos diferentes, demorando mais principalmente nos bairros localizados em áreas mais altas.

“Vamos ter 30 caminhões-pipa para atender comunidades mais necessitadas e mais afetadas com a falta d’água”, diz o presidente da companhia, Carlos Rogério Araújo.

A ação conta com a parceria do Corpo de Bombeiros e, além de bairros mais carentes, o objetivo é garantir o abastecimento considerado essencial, como em hospitais, asilos e postos de saúde. O serviço dos caminhões-pipa oferecido pela Caema será gratuito e os veículos estarão identificados.

Outros serviços

Na segunda-feira (14), diretores e funcionários da empresa repassaram os últimos detalhes para a interligação da nova adutora e operação da subestação. No período, equipes da companhia estarão de plantão voltadas à ação.

“É uma intervenção de muita responsabilidade. São 86 horas de paralisação de inúmeras atividades. E nós fizemos toda uma programação para que não haja nenhuma falha, tendo em vista a população estar dando esse crédito, confiantes que vamos voltar com mais água, o que é o objetivo”, afirma o presidente Carlos Rogério.

No período também serão realizados outros serviços de manutenção e melhorias: “Estamos procurando fazer um trabalho inteligente. Já que vamos parar o Italuís por 86 horas, estamos aproveitando esse período para fazermos outras ações simultâneas, também muito necessárias ao abastecimento e esgotamento sanitário, como correção de vazamentos, entre outros”, completa o presidente.

Bairros abastecidos pelo Sistema Italuís:

ZONA 01
Centro; São Pantaleão; Madre Deus; Goiabal; Codozinho; Vila Bessa; Belira; Lira; Parte da Areinha; Macaúba; Apicum; Camboa; Vila Bangu; Diamante; Vila Passos; Coréia de Baixo; Coréia de Cima; Sítio do Meio; Alto da Boa Vista; Retiro Natal; Liberdade; Tomé de Sousa; Fé em Deus; Floresta; Retiro Natal e Monte Castelo.

ZONA 02
Apeadouro; Irmãos Coragem; Bairro de Fátima; Bom Milagre; Parque Amazonas; Alemanha; Caratatiua; Vila Ivar Saldanha; Alto da Vitória; João Paulo; Jordoa; Vila Palmeira; Barreto; Túnel do Sacavém; Santa Cruz; Vera Cruz; Cutrim; Radional; Coroado; Parque Pindorama; Parque do Nobres; Redenção; Barés; Filipinho; Sítio Leal; Sacavém; Coheb do Sacavém; Santo Antônio; Vila Conceição; Bom Jesus; Vila dos Frades; Parque Timbira; Alto do Parque Timbira; Primavera; Sítio do Pica Pau Amarelo; Coroadinho.

ZONA 04
São Cristóvão; Tirirical; Solar das Mangueiras; Parque Universitário; João de Deus; Sítio Pirapora; Vila Itamar; Parque Jaguarema; Parque Sielândia; Residencial Canaã; Alameda dos Sonhos; Vila Lobão; Parque Roseana Sarney; Santo Antônio; São Bernardo; Vila Brasil; Cohapan; Jardim São Cristóvão; Residencial João Alberto; Parque Sabiá.

ZONA 05
Alto do Calhau; Calhau; Cohafuma; Conjunto Basa; Ilhinha, Jaracaty; Jardim São Francisco; Loteamento Boa Vista; Loteamento Jaracaty; La ravardiere; Ponta D’Areia; Ponta do Farol; Residencial Novo Tempo; Recanto dos Nobres; Renascença I e II; Residencial Ana Jansen; São Marcos; São Francisco; Vila Conceição I e II; Av. Litorânea; Angelim Velho; Bequimão; Cohajoly; Cohama; Condomínio Villagio Esperança; Conjunto Angelim; Residencial Marfim; Conjunto Boa Morada; Conjunto Vinhais; Eco Villagio; Maranhão Novo; Parte do Primavera; Turu; Planalto Cohaserma; Planalto Vinhais I e II; Recanto Vinhais; Residencial Jaqueira; Residencial Vinhais II e III; Rio Anil; Vila Fialho; Villagio do Angelim; Vivendas da Cohama; Vinhais Velho; Olho D’água, Parte do Habitacional Turu.

ZONA 06
Jambeiro; Porto da Vovó; Sá Viana Novo; Sá Viana Velho; UFMA; Vila Bacanga; Vila Dom Luís; Vila Isabel; Vila Cerâmica; Vila Primavera; Vila Embratel; Vila Nova; Bonfim; Vila Verde; Fumacê; Anjo da Guarda; São Raimundo; Alto da Vitória; Gancharia; Vila São Luís; Vila Ariri; Vila Mauro Fecury I e II; Conjunto Taguatur.