Artigo: HTO, cuidando de quem precisa

  • Artigo escrito pelo Governador do Maranhão, Flávio Dino

As mortes e lesões por acidente de trânsito têm sido um dos principais dramas da saúde em todas as capitais do Brasil. Para enfrentar esse problema, de um lado, estamos aumentando as ações de conscientização no trânsito, que já reduziram em 25% o número de mortes no trânsito. Por outro, aumentamos a capacidade de tratamento das vítimas de acidentes com a inauguração do Hospital de Traumatologia e Ortopedia (HTO).

Desde o ano passado, o Maranhão tem o primeiro hospital estadual nessa especialidade, com 44 leitos, incluindo 10 de UTI. O HTO já realizou mais de 1 mil cirurgias em poucos meses de funcionamento, o que representou uma média mensal seis vezes maior em relação ao que havia antes. Foi assim que em pouco tempo reduzimos pela metade a fila de espera por cirurgias ortopédicas na capital maranhense.

Com o HTO, o Maranhão também ganhou um Hospital público para o Câncer, já que o tratamento de ortopedia estava sendo realizado no antigo Hospital Geral, hoje exclusivamente voltado para o tratamento oncológico.

O HTO soma-se a outros 6 hospitais de grande porte que já inauguramos. Construímos pela primeira vez na história do Maranhão uma verdadeira rede hospitalar regionalizada, que aumentou em 42% o número de leitos em nosso estado. São unidades como as de Balsas, município que só depois de 100 anos de existência tem um hospital do Governo, atendendo todo o Sul do Estado.

Essas ações somam-se a outras na área da saúde, como a unidade Sorrir, que já realizou 5 mil atendimentos somente em seu primeiro mês de funcionamento. É mais um feito inédito: o Governo do Maranhão criou um centro odontológico para atendimento gratuito aos cidadãos.

Também a Fesma (Força Estadual de Saúde) está garantindo atenção para famílias que nunca tinham feito uma consulta médica adequada na vida. Já foram mais de 750 mil atendimentos.
Importante destacar que o trabalho da Fesma fez a diferença mais uma vez nesses dias em que o Maranhão enfrenta as chuvas mais intensas dos últimos anos. Nas enchentes, como em qualquer adversidade que nosso estado enfrenta, temos atuado juntos: governo, prefeituras e cidadãos. Tanto a Fesma, quanto o Corpo de Bombeiros e outros agentes do governo, têm estado lado a lado com a população atingida, com ações de assistência e solidariedade.

A área da Saúde é um bom exemplo dessa nova forma de governar o Maranhão. É um governo que faz mais e faz coisas inéditas, não obstante imensas perdas de recursos federais por causa da crise econômica e política. No caso do HTO, isso é bem evidente: estamos fazendo o que não foi feito antes e esse maior acesso a serviços de saúde muda as vidas das pessoas. Quero agradecer aos profissionais que estão colocando o HTO como mais uma referência de boa gestão ao Brasil.

O mundo e também o nosso país atravessam um período complicado, com imensos e gravíssimos conflitos. Enquanto isso, aqui no Maranhão vivemos um momento de paz e união, que são os caminhos para que tenhamos uma sociedade cada dia mais desenvolvida. O HTO é um dos grandes frutos desse período.