Alunos do ‘CNH Jovem’ têm aulas em autoescolas de São Luís

Os três mil jovens selecionados estão na fase das aulas teóricas nas mais de 100 autoescolas cadastradas em todo o estado. Foto: Divulgação

Com resultado divulgado no mês de novembro do ano passado, a segunda edição do programa CNH Jovem segue o cronograma estabelecido para o processo. Os três mil jovens selecionados estão na fase das aulas teóricas nas mais de 100 autoescolas cadastradas em todo o estado. Apenas em São Luís são mais de 40 autoescolas cadastradas para receber os candidatos selecionados.

O Programa CNH Jovem, coordenado pelo Detran-MA, em parceria com a Secretaria Extraordinária da Juventude (Seejuv), oferece aos candidatos o benefício da gratuidade em todo o processo para tirar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) nas categorias A, B e AB. Este ano, participaram da seleção 13.251 jovens, sendo selecionados três mil candidatos, que tem entre 18 e 21 anos, que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2016 e que cursaram o Ensino Médio em escola pública.

A secretária da Juventude, Tatiana Pereira destaca o êxito alcançado pelo programa CNH Jovem, que teve as bolsas ofertadas em 50% da primeira para a segunda edição e já se consolida como uma das principais políticas desenvolvidas para os jovens maranhenses.

“O CNH Jovem tem obtido resultados significativos em números, uma vez que já são mais de 5 mil jovens beneficiados em duas edições, mas especialmente, tem ampliado direitos e oportunidades para a nossa juventude, com o acréscimo de mais qualificação ao seu currículo. Isso tudo só reforça a consolidação desse programa como a principal política pública de juventude no estado”, ressaltou.

Entre os mais de 1.450 selecionados em São Luís, estão os jovens Habynikawa Piedade, de 19 anos e Ayrton Werneck, de 18 anos. Os dois estão tendo aulas na autoescola Positivo, na Avenida Kenedy desde o início de novembro e, falam com entusiasmo sobre o programa e as perspectivas que têm a partir da oportunidade de tirar a primeira habilitação.

Para Habynikawa, que mora no Bairro de Fátima, sem o programa CNH Jovem, o sonho de tirar a primeira habilitação teria que ser adiado.  “O programa facilita principalmente a nós jovens que não tem condições financeiras a realizar o sonho de tirar a primeira habilitação. Se não fosse o CNH Jovem com certeza eu não iria tirar minha carteira com 19 anos, porque primeiro teria que conseguir um trabalho que me possibilitasse tercondições de pagar uma autoescola”, comentou.

Já para Ayrton, poder tirar a carteira de habilitação sem nenhum custo em um período de crise que atinge todas as classes, é reduzir gastos em uma qualificação que ainda aumentará suas oportunidades no mercado de trabalho. “A carteira de habilitação é um requisito necessário no mercado de trabalho, especialmente nesse momento de crise em que as oportunidades de trabalho são cada vez mais difíceis”.

Excedentes

Além dos jovens selecionados que já estão nas autoescolas participando do processo de aulas teóricas e práticas, no último dia 4, foi divulgada a lista dos excedentes aptos a participar do CNH Jovem.

A nova lista divulgada pelo Detran-MA traz o nome de 712 candidatos selecionados para se juntar aos 2.288 demais participantes que já estão no processo desde o mês de novembro. Os novos convocados devem comparecer, até o dia 13 de janeiro, a sede do Detran-MA, CIRETRAN’s ou postos de atendimento, levando os documentos exigidos pelo programa para abertura do cadastro no Registro Nacional de Carteira de Habilitação (RENACH).