Governo realiza ação social na comunidade Liberdade

Atendimento de saúde para a população do bairro (Foto: Divulgação)

O Governo do Estado realizou, durante todo este sábado (13), uma intensa agenda de serviços no bairro Liberdade, numa ação promovida pelo Secretaria de Segurança Pública, por meio do Batalhão Tiradentes da Polícia Militar do Maranhão e com a participação de diversos parceiros.

A ação cívico-social foi realizada no CE Estado do Pará e na Praça do Viva Liberdade e recebeu a visita de muitos moradores da comunidade que estiveram presentes para receber os serviços oferecidos.

Na área da saúde foram oferecidas consultas de pediatria e clínica médica, avaliação nutricional e física, imunização, testes HIV, sífilis e hepatite, dentre outros serviços.

Para dona Maria Silva, os serviços são bem-vindos no bairro porque o atendimento fica pertinho de casa. “Já consultei com o médico, agora vou fazer consulta com a nutricionista. Tô gostando da ação social porque é tudo pertinho de casa e é muito bom o atendimento”.

Além dos serviços de saúde, foram oferecidas muitas palestras e oficinas para a população, sobre assuntos como lei Maria da Penha e direitos da mulher, oficina de trancistas, orientações jurídicas e serviços de corte de cabelo, além da distribuição de cestas básicas e de 6 toneladas de peixes para os moradores.

Além destas atividades, as crianças do bairro também receberam atenção com atividades de recreação e esportivas, como nas oficinas de damas e xadrez, que aconteceram com o apoio do CISAF e promovidas pelos mestres Wilmington Michael Lopes e Roney Diego Correa. A oficina de damas foi realizada pelo mestre Zezinho, 9 vezes campeão Brasileiro, 20 vezes campeão maranhense, 2 vezes vice-campeão panamericano.

A Secretaria de Estado da Igualdade Racial (SEIR) participa da Ação Cívico-social com as oficinas de trancista e a palestra de empoderamento da identidade negra. Estas oficinas visam o fortalecimento da identidade étnico-cultural.

Oficina de transcistas para o fortalecimento da identidade étnica (Foto: Divulgação)

O secretário de igualdade racial, Gerson Pinheiro, afirma que o Governo do Estado sempre esteve atuando no bairro. “A SEIR participa de ações na Liberdade desde 2015 com os debates sobre a formação do quilombo urbano e também de questões relacionadas à matriz africana. Hoje, tivemos mais uma ação de governo no bairro, desta vez organizada pela Secretaria de Segurança, com o oferecimento de diversos serviços na área da saúde, do esporte, da cultura”.

A ação cívico-social foi realizada com a parceria das Secretarias de Estado da Igualdade Racial, Saúde, Segurança e contou com a presença do vice-governador Carlos Brandão. “Tivemos a presença do vice-governador, que veio conhecer e avaliar os trabalhos realizados e recomendar novas ações. Esta é uma forma do Estado e da comunidade estarem juntos superando as dificuldades”, concluiu o secretário.

Quilombo urbano

A comunidade da Grande Liberdade, que engloba os bairros Liberdade, Camboa, Fé em Deus e Diamante recentemente se autodeclarou como quilombola. Isso significa que o território destes bairros passam a se denominar como território quilombola e uma vez devidamente reconhecido pelos órgãos competentes, como a Câmara de Vereadores e a Fundação Cultural Palmares, passam a ter políticas públicas voltadas especificamente para a comunidade.

Comentários

Comentários