Governo capacita 43 agentes penitenciários em técnicas de algemação e tonfa

Curso de algemação e tonfa. (Foto: Clayton Monteles)

A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), por meio da Academia de Gestão Penitenciária (Agpen), concluiu, nesta quinta-feira (10), o Curso de Algemação e Tonfa destinado a 43 agentes estaduais de execução penal da Supervisão de Segurança Externa (SSE), um dos setores de segurança do Sistema Penitenciário do Maranhão.

A iniciativa prepara os agentes para uma atuação mais dinâmica em situações que exijam, por exemplo, a técnica de imobilização com o uso de algemas e, também, o correto manuseio da tonfa, armamento usado em situações de controle de conflitos.

“Essa é a segunda capacitação de agentes do ano. A proposta é garantirmos a qualificação de servidores e contribuirmos para o aprimoramento dos trabalhos nas mais diversas áreas do sistema prisional, inclusive a de segurança”, disse o diretor da Agpen, Fabiano Cavalcante.

O curso, com duração de dois dias, incluiu tanto a parte prática quanto teórica. Na manhã de quarta-feira (9), eles receberam orientação sobre legislação e noções de condução. Durante a tarde, o grupo teve treinamento prático sobre técnicas de algemação.

No segundo dia, os agentes foram capacitados sobre o correto manuseio da tonfa. Na parte prática as instruções foram relativas a técnicas de retenção com tonfa, empunhadura de tonfa, dentre outras manobras.

Outras capacitações

A primeira capacitação de 2019 realizada pela Academia de Gestão Penitenciária (Agpen) foi o Curso de Formação voltado para 12 agentes estaduais de execução penal que atuam nas unidades prisionais de Pinheiro. A proposta foi capacitá-los às rotinas internas prisionais, ofertando aulas práticas e teóricas aos servidores durante 15 dias.

Comentários

Comentários