Governo anuncia novo convênio com o Hospital do Câncer Aldenora Bello

Governo do Estado firmará um novo convênio de aproximadamente R$ 3 milhões com a Fundação Antônio Dino. (Foto: Julyane Galvão)

Após garantir recurso para a compra de um acelerador linear, que amplia o serviço de radioterapia para tratamento de pacientes oncológicos no Maranhão, o Governo do Estado firmará um novo convênio de aproximadamente R$ 3 milhões com a Fundação Antônio Dino (FAD) para finalização das obras civis no Hospital do Câncer Aldenora Bello (HCAB), onde os aceleradores lineares da unidade ficarão instalados.

O anúncio foi feito pelo secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, nesta segunda-feira (12), durante solenidade de entrega do Consultório Móvel para a Prevenção do Câncer de Colo Uterino, doado pelo povo do Japão, através do Consulado Japonês. Estavam presentes o cônsul-principal do Japão em Belém, Keiji Hamada, e o deputado estadual Rogério Cafeteira.

Aldenora Bello: Governo do Estado firmará um novo convênio de aproximadamente R$ 3 milhões com a Fundação Antônio Dino. (Foto: Julyane Galvão)

Com o aporte de R$ 5 milhões para a aquisição do acelerador linear, que será instalado no Hospital Aldenora Bello, o Governo do Estado já garantiu, através de convênios desde 2015, R$ 6.250.000,00 para Fundação Antônio Dino (FAD).

O secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, reforçou que o aparelho de radioterapia já está chegando ao estado. “O governo vai fazer mais uma parceria para permitir a oferta do serviço. O sistema de saúde é um só, é único. É um SUS para todo país. Um SUS possível de ter qualidade, dar resultado. Ele se faz com um estendendo a mão para o outro. E é isso que estamos fazendo, estendendo a mão. A gestão do governador Flávio Dino continua fortalecendo o atendimento e o tratamento de pacientes oncológicos no Maranhão”, afirmou.

A presidente da Fundação Antônio Dino, Enide Jorge Dino, ficou grata e feliz com o anúncio, que para ela significa oferecer à população que precisa tratamento gratuito e eficaz. “É de grande significado saber que vamos ter uma garantia do término da nossa obra, que é o que no momento mais está nos afligindo. Graças a Deus, o governador Flávio Dino se sensibilizou em nos ajudar. É uma luta e nós só temos que agradecer o carinho e amor que ele está tendo por esse trabalho”, destacou.

Segundo o vice-presidente da Fundação Antônio Dino e diretor do HCAB, Antônio Dino Tavares, a principal dificuldade para término das obras é de fato financeira. O ritmo no canteiro de obra precisou diminuir bastante pela ausência de recursos. “É uma obra cara, orçada em quase R$ 20 milhões, fora os equipamentos. Com o convênio, inauguramos a parte dos aceleradores lineares e acabamos com a fila que tanto maltrata nossa população. O governador está mais uma vez nos estendendo a mão”, comentou.

O acelerador linear, equipamento de alta tecnologia desenvolvido para emitir a radiação, é um dos principais aparelhos utilizados em diversos tratamentos para combater o câncer. Ele gera uma forma de radiação, através de corrente elétrica, direcionado para a área em tratamento, promovendo a destruição do tecido doente.

O espaço para comentários deste canal está temporariamente desabilitado, por medida de cautela, em observância à legislação eleitoral. A suspensão permanecerá até o fim do processo eleitoral.