Maranhenses comparecem ao Dia D de Vacinação contra a gripe

Em São Luís, 66 postos de saúde e shoppings realizaram a imunização da população (Foto: Rogério Sousa)

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) mobilizou os 217 municípios maranhenses para abertura das unidades básicas de saúde durante o Dia D da Vacinação contra a Influenza. Na capital, junto a Prefeitura de São Luís, 66 postos de saúde e shoppings de São Luís realizaram a imunização da população.

A campanha tem por foco as gestantes, crianças de 6 meses a menores de 6 anos, puérperas (até 45 dias após o parto), pessoas com 60 anos ou mais, trabalhadores da saúde, professores de escolas públicas e privadas, povos indígenas, grupos portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais.

Shirley Mendonça, 40 anos, aproveitou o Dia D para levar o filho Celso Luís, 2 anos, para atualizar a carteira de vacinação. “É muito importante essa iniciativa, pois a vacina é essencial para a saúde das nossas crianças e idosos. Todo ano a gente tem que ter esse cuidado para evitar esse vírus que vem mudando a cada ano”, afirmou.

A superintendente de Epidemiologia e Controle de Doenças da SES, Graça Lírio, afirmou que a meta da Secretaria de Estado da Saúde é vacinar pelo menos 90% dos maranhenses que integram o público-alvo, o que corresponde a 1.687.524 de pessoas.

“Precisamos mobilizar a população que faz parte dos grupos de risco para receberem a vacina. Abrimos todas as unidades básicas de saúde neste sábado para garantir o acesso daqueles que porventura não podem ir durante a semana e para sensibilizar a sociedade para a importância de se imunizar”, explicou a superintendente.

Campanha de vacinação continua até 31 de maio e o usuário deve levar a carteira vacinal e o cartão SUS (Foto: Divulgação)

Pensando nisso, a operadora de caixa, Simone Oliveira, levou a filha Milena, de três anos, para se imunizar no Centro de Saúde da Cohab, em São Luís. “Minha filha é tudo para mim, por isso trouxe ela para se imunizar contra a gripe. Vejo muitas mães preocupadas com suas crianças doentes e não quero isso para minha família”, comentou.

A população do grupo de risco estabelecido pelo Ministério da Saúde deve receber a dose da vacina para ficar protegido contra os três subtipos do vírus da gripe que mais circularam no último ano: A/H1N1; A/H3N2 e influenza B. Adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade e os funcionários do sistema prisional, além do efetivo de segurança pública também integram o público alvo da campanha.

A campanha de vacinação continua até 31 de maio. No dia da vacinação, o usuário deve levar a carteira vacinal e o cartão SUS.

Entre os municípios da Região Metropolitana, Alcântara registrou 24,97% de vacinação contra gripe, São Luís 18% e Paço do Lumiar 17,59%. No interior do estado, as cidades de São Félix de Balsas, Loreto e São Raimundo das Magabeiras alcançaram 76,52%, 55,85%, 52% da cobertura vacinal, até o momento.

Comentários

Comentários