Governo apresentará Sumário Executivo do Zoneamento Ecológico Econômico para o Bioma Amazônico

O Governo do Maranhão apresenta, na próxima terça-feira (9), o Sumário Executivo do Zoneamento Ecológico Econômico do Maranhão (ZEE-MA) referente a etapa do Bioma Amazônico. O evento será realizado dentro da Programação da 51ª Exposição Agropecuária de Imperatriz (Expoimp).

O ZEE-MA é uma importante ferramenta de gestão territorial para melhoria da qualidade de vida da população. O documento a ser apresentado contém os relatórios técnicos com as características do Bioma Amazônico, que compreende 108 municípios e é ocupado por mais de 61% da população maranhense.

Fruto de trabalho que reúne mais de 100 pesquisadores maranhenses, o Sumário Executivo é o primeiro produto entregue à sociedade, dentro da composição do Cenário desse território. Na apresentação do documento, o pesquisador sênior do programa, Luiz Jorge Dias, apresentará os detalhes técnicos e as próximas ações para a finalização do ZEE-MA nesta etapa.

“A partir desse documento teremos condições de avaliar três situações: a integridade do Bioma Amazônico, em todos os seus contextos ambientais e econômicos, avaliar os tipos de políticas públicas que esse bioma necessita tanto para promover a proteção ambiental quanto para promover as questões relacionadas ao desenvolvimento socioeconômico e produtivo do território. Esse documento vai permitir que haja um diálogo franco entre vários segmentos da sociedade”, explica Luiz Jorge Dias.

O Bioma Amazônico Maranhense abrange 108 dos atuais 217 municípios, o que corresponde a 27% do território estadual, no qual vivem 61,81% dos maranhenses, segundo dados do Censo IBGE 2010. O Bioma concentra 53,84% do Produto Interno Bruto (PIB) do Estado.

Em seu perímetro estão presentes 8 terras indígenas, 16 unidades de conservação, 580 comunidades agrupadas em 44 territórios quilombolas, 686 projetos de assentamentos –  o que corresponde a 68,32% do total estadual -, 7 polos turísticos, 74 sítios arqueológicos, 8 consórcios intermunicipais, 9 distritos industriais, 17 áreas portuárias, 1 área de segurança nacional, além de 7.559 km² de Área de Preservação Permanente.

Além do Instituto Maranhense de Estudos Socioeconômicos e Cartográficos (Imesc), autarquia vinculada à Secretaria de Estado de Programas Estratégicos (SEPE), a construção do ZEE-MA conta com a participação da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA), da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e do Serviço Geológico do Brasil.

SERVIÇO
O quê: Apresentação do Sumário Executivo do Zoneamento Ecológico Econômico, etapa Bioma Amazônico Maranhense;
Quando: Na próxima terça-feira (9), às 14h;
Onde: Na Expoimp na Tatersal de Leilões Rafael Almeida – Parque de Exposições Lourenço Vieira da Silva BR-010 – Imperatriz.

Comentários

Comentários