Com recursos de acessibilidade, São João do Maranhão é uma festa para todos

O São João do Maranhão teve início em maio com a decoração de bandeirinhas no Centro Histórico e, na primeira semana de junho, com as prévias juninas. Mas, é entre os dias 19 e 30 de junho, que se iniciam os arraiais oficiais realizados pelo Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado de Cultura (Secma), na Praça Maria Aragão, no Centro Histórico de São Luís; e no Ipem, no bairro do Calhau.

Neste ano, as festas juninas, no Maranhão, têm mais novidades para o público: os arraiais oficiais contarão com estrutura pensada para proporcionar acessibilidade. Esse mesmo serviço foi disponibilizado no Carnaval de Todos deste ano.

No Arraial do Ipem, um dos mais populares de São Luís, além da decoração com os famosos mosaicos de bandeirinhas, de palco para apresentação de grupos da cultura popular, Barracão do Forró e espaço para venda de artesanato, a estrutura física do local foi pensada para garantir o divertimento de pessoas com necessidades especiais.

No local, haverá rampas de acesso, banheiros adaptados, área destinada a pessoas com deficiência e com baixa mobilidade, intérprete de libras e cada barraca contará com uma mesa reservada de acessibilidade. Uma novidade para este ano é a parceria com a Secretaria de Estado de Saúde (SES), que estará presente com ambulatório que terá médicos e enfermeiros disponíveis para prestarem socorro, caso necessário.

Quem for festejar no arraial da Praça Nauro Machado, também, vai dispor do espaço de acessibilidade, banheiros químicos adaptados com maior espaço para acomodar cadeirantes e intérprete de libras para fazer a tradução simultânea da programação. Tanto na Nauro quanto no Ipem terão grupos de brigadistas.

“É muito importante que todas as pessoas tenham a oportunidade de participar dessa festa compartilhando do entusiasmo e da alegria, por isso estamos melhorando e fazendo do São João uma festa mais inclusiva”, afirmou o secretário de Estado de Cultura, Diego Galdino.

Faz parte ainda das medidas de inclusão a sensibilização das equipes que estão trabalhando durante o evento e as peças de divulgação nas redes sociais para informar ao público que estes serviços estão disponíveis.

Comentários

Comentários