Governo capacita técnicos na prestação de Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos

Técnicos recebem capacitação para exercer trabalho na área sociossistencial. (Foto: Divulgação)

Técnicos recebem capacitação para exercer trabalho na área sociossistencial. (Foto: Divulgação)

O Governo do Maranhão está promovendo o aprimoramento técnico de profissionais que atuam na área socioassistencial em diversas cidades do estado. Para isso, iniciou uma série de treinamentos visando à capacitação técnico-gerencial dos profissionais do Sistema Único de Assistência Social (SUAS). Esta semana, profissionais de 60 municípios participam da capacitação sobre Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV), realizada na Escola de Governo do Maranhão (EGMA). A ação é coordenada pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Social (Sedes).

A capacitação integra o Programa de Educação Permanente do SUAS, que tem como principal objetivo a qualificação de diferentes atores envolvidos nos processos de reordenamento dos serviços da Proteção Social Especial, por meio do compartilhamento de conhecimentos e metodologias relacionadas ao assunto, para que as intervenções junto às famílias e indivíduos em situação de vulnerabilidade e risco social sejam mais qualificadas e garantam os direitos destinados a esse público.

Com a capacitação sobre Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos está previsto o aprimoramento de 660 técnicos dos 217 municípios maranhenses, distribuídos em 21 turmas. Essa capacitação é destinada tanto a técnicos de referência quanto a orientadores sociais do SCFV e profissionais envolvidos na implementação das ações concernentes a este serviço. Entre os temas abordados na capacitação sobre SCFV estão as práticas restaurativas: metodologia de resgate de usuários de drogas e outras possibilidades de vulnerabilidade e risco social.

O secretário de Estado de Desenvolvimento Social, Neto Evangelista, destacou a importância do aprimoramento profissional dos técnicos para o bom desenvolvimento das ações na área social. “Por meio dessas capacitações, os profissionais que prestam serviços no setor da Assistência Social estarão muito mais aptos a desempenharem, com qualidade e eficiência, o atendimento prestado nas instituições integrantes do SUAS”, afirmou o secretário, acrescentando ainda que a capacitação voltada a esses técnicos é uma iniciativa pioneira no Maranhão.

Os treinamentos serão realizados conforme preconiza a Política Nacional de Educação Permanente do SUAS, que visa o desenvolvimento de perfis profissionais com habilidades que demandam diferentes níveis de formação para realizarem desde a identificação das vulnerabilidades sociais nos territórios até o trabalho social com as famílias, a organização, a mobilização popular, dentre outros aspectos inerentes à área socioassistencial.

“Todas as orientações repassadas na capacitação nos foram extremamente positivas, pois é de suma importância saber lidar com as crianças e as famílias atendidas pelos programas sociais. No dia a dia de nosso trabalho enfrentamos as mais diversas situações e particularidades com as quais temos de saber entender e resolver. A capacitação nos proporciona o conhecimento para isso”, relatou Simone Medeiros, educadora social de Açailândia.

“A capacitação nos trouxe uma gama de informações importantes que até não dispúnhamos. Vejo com grande satisfação o fato do estado se preocupar com a formação dos técnicos que trabalham na área socioassistencial, para proporcionar maior qualidade ao trabalho exercido junto aos beneficiários das ações, pois somente com conhecimento poderemos prestar um bom serviço na  assistência social do estado”, disse Vanilene Ribeiro, orientadora social no município de Presidente Juscelino.

Comentários

Comentários