Governo faz doação de mamógrafo ao Hospital do Câncer Aldenora Bello

Secretário Carlos Lula visitou o Hospital do Câncer que recebeu equipamento doado pelo Estado (Foto: Márcio Sampaio)

O Hospital do Câncer Aldenora Bello, pioneiro no tratamento da doença no Maranhão, recebeu nesta segunda-feira (8) o mamógrafo digital doado pelo Governo do Estado. O equipamento é um dos mais modernos e essencial para a detecção precoce e o diagnóstico preciso da doença. Na oportunidade, o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, visitou as instalações do acelerador linear, outro equipamento doado, que em breve será entregue.

Segundo Carlos Lula, o Governo do Maranhão também tem esse sentido de ajudar o que é público, mas não é do Estado. “Muitas vezes se confunde, achando que o que é público, necessariamente tem que ser do Estado. A Fundação Antonio Dino [mantenedora do hospital] demonstra que há espaço para que outras instituições atuem. O hospital atende pelo SUS, ajuda muito a população. Não tem como fechar os olhos. Ele precisa ser preservado e auxiliado pelo Estado, porque vai servir a coletividade”, afirmou.

O mamógrafo digital doado utiliza tecnologia para que o exame seja mais confortável, exato, rápido e seguro para a paciente. O treinamento dos profissionais que realizarão o exame acontece de quarta (11) a sexta-feira (12).

“O mamógrafo anterior já era obsoleto, um mamógrafo analógico. Este [doado] é um mamógrafo digital. Vai trazer uma melhoria significativa no diagnóstico das mulheres. Vamos ter um maior número de atendimentos e uma qualidade melhor do exame”, pontuou o vice-presidente da Fundação Antonio Dino, Antonio Dino Tavares.

Termo de doação

Durante a assinatura do termo de doação do mamógrafo, o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, aproveitou para acompanhar o andamento das obras de instalação e funcionamento do acelerador linear, equipamento que também foi doado ao Hospital do Câncer Aldenora Bello para ampliação do serviço de radioterapia para tratamento de pacientes oncológicos no Maranhão.

“Diariamente lidamos com o bem mais precioso que é a vida das pessoas, por isso a gestão estadual deseja que os resultados desse trabalho reflitam na vida dos pacientes, garantindo um bem-estar maior àqueles em tratamento”, reafirmou o secretário Carlos Lula.

O vice-presidente da Fundação Antonio Dino, Antonio Dino Tavares, destacou a importância da parceria e informou que o centro terá um total de três aceleradores com a doação realizada pelo Governo do Maranhão.

“O primeiro acelerador deve ser inaugurado dentro de 60 dias. O impacto disso é muito positivo para o estado, porque a fila hoje chega a um ano de espera. Com os três novos, a gente espera que acabe com a fila. O hospital atende majoritariamente pacientes do SUS e a tabela é defasada, se não fosse essas parcerias, a gente não poderia realizar esse trabalho que realizamos”, salientou Antonio Dino Tavares.

Comentários

Comentários