Governo e Fiocruz discutem estratégias de assistência à saúde e qualificação técnica

Reunião teve como foco o aprimoramento dos gestores e das políticas públicas no âmbito do SUS no Maranhão (Foto: Rogério Sousa)

O secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, recebeu esta semana pesquisadores da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) para tratar da cooperação técnica, com foco no aprimoramento dos gestores e das políticas públicas no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS) no estado. A reunião foi realizada na sede do órgão, em São Luís.

“O governo continua desenvolvendo estratégias para beneficiar toda a população. Este encontro entre SES e Fiocruz representa o nosso compromisso em promover o desenvolvimento dos nossos profissionais de saúde, e a melhoria dos indicadores de saúde”, frisou o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula.

O Painel de Indicadores e Monitoramento tem três eixos: criação do Painel de Monitoramento da Gestão Estadual, repositório de conteúdos inerentes à dinâmica e práticas da gestão estadual no âmbito do SUS, e apoio técnico na estruturação do plano de qualificação de equipes estratégicas. Além disso, a parceria com a Fiocruz irá proporcionar a formação dos profissionais com cursos de especialização e mestrado profissional.

O secretário executivo do Centro de Estudos Estratégicos da Fiocruz, Assis Mafort, ressaltou a importância da qualificação dos profissionais. “Queremos proporcionar a formação e cursos de especialização de mestrado profissional nas mais diversas áreas disponíveis pela Fundação”, disse.

Para André Bonifácio, também pesquisador do Centro de Estudos Estratégicos da Fiocruz, a iniciativa proporcionará resultados concretos no âmbito da gestão. “Queremos chegar em 2022 vendo as evoluções conquistadas, as dificuldades enfrentadas, o que mudou e o que foi produzido. Com as informações que serão coletadas podemos criar o que neste momento está sendo chamando de Observatório da Gestão Estadual do Maranhão”, disse.

De acordo com a secretária adjunta de Assistência à Saúde da SES, Carmen Belfort, o Painel de Indicadores vai contar com a base de dados 2016-2019 do Plano Estadual de Saúde do Maranhão. “Também serão levados em consideração pontos que estão sendo definidos no plano plurianual 2020-2022”, completou.

A coordenadora do Departamento de Qualidade da SES, Joedilma Santos, pontuou que a atividade com a Fiocruz permitirá documentar em forma de trabalhos técnicos e científicos as práticas realizadas pela SES. “Esses registros serão evidências das ações feitas pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde, que poderão ser utilizados como pontos de melhoria, além de influenciar outras unidades federativas quanto às boas práticas e planejamento”, disse.

A secretária adjunta de Assuntos Jurídicos da SES, Lídia Schramm, pontuou que o intuito da parceria é avançar na qualidade do serviço de saúde prestado nas regionais de saúde. “O Painel irá analisar e mapear como está o funcionamento das nossas Comissões Intergestores Regionais, e a atuação do estado nas regionais”, disse.

Também participaram da reunião o gestor estadual da Assistência Farmacêutica da SES, Sandro Monteiro; Rafaela Duailibe Soares, representando a Secretaria Adjunta da Política de Atenção Primária e Vigilância em Saúde da SES e a diretora da Escola Técnica do SUS e coordenadora da Política Estadual de Educação Permanente, Dayana Dourado.

Comentários

Comentários