Mais saúde, segurança e serviços públicos com qualidade marcam ações em Coroatá

Setores internos do Hospital Macrorregional Alexandre Mamede Trovão, no município de Coroatá. (Foto: Nael Reis/Secap)

Setores internos do Hospital Macrorregional Alexandre Mamede Trovão, no município de Coroatá. (Foto: Nael Reis/Secap)

Na saúde, o Governo ampliou a capacidade do Hospital Macrorregional Alexandre Mamede Trovão, que atende a cidade de Coroatá e outras cidades vizinhas, com a entrega de mais 25 leitos totalizando 105 leitos. A ação é extremamente importante para os moradores de Coroatá que só tem acesso aos serviços de saúde no Hospital Macrorregional, uma vez que o Hospital Municipal foi fechado.

Diante da sobrecarga gerada com o fechamento da unidade da Prefeitura, o Governo do Estado está fazendo tanto a parte dele quanto a do município e até o final do ano serão construídos mais leitos para o Hospital Macrorregional. Os investimentos do Governo também garantiram a requalificação da UPA do município.

O Governo garantiu também convênio com a Fazenda da Esperança, que permite o tratamento de pessoas com dependência química e problemas com alcoolismo. Em Coroatá, são duas unidades da Fazenda da Esperança. Com atividades produtivas e acompanhamento médico e espiritual, jovens, adultos e idosos podem se reabilitar a uma vida longe das drogas.

Governo do Estado equipa contingente e reforça policiamento ostensivo em Coroatá. (Foto: Nael Reis/Secap)

Governo do Estado equipa contingente e reforça policiamento ostensivo em Coroatá. (Foto: Nael Reis/Secap)

Governo investe 1,7 milhão na Segurança Pública em Coroatá

O Governo do Maranhão destinou quase R$ 1,7 milhão para reestruturação da Segurança Pública em Coroatá. Foi entregue o 24º Batalhão da Polícia Militar do município. Além da estrutura e melhor local de trabalho para os policiais da região, também foram entregues cinco motocicletas para intensificar o policiamento nas ruas. O novo Batalhão foi entregue e está em funcionamento desde junho deste ano.

Mais repasses estaduais para Coroatá

Mesmo com o cenário de crise enfrentado em todo o país, Coroatá recebeu entre janeiro e junho deste ano, aumento de 11% no total de recursos repassados a partir da arrecadação do Imposto sobre Circulação sobre Mercadorias e Serviços (ICMS). No total, foram R$ 1.402.326,41 transferidos ao município, o qual teve acréscimo de mais de R$ 1,2 milhão se comparado ao mesmo período do ano passado.

Além do ICMS, Coroatá recebeu R$ 12.415,36 no primeiro semestre de 2016, com o Fundo de Compensação pela Exportação de Produtos Industrializados (FPEX). Somando transferências de tributos estaduais em 2015 e nos primeiros meses de 2016, Coroatá recebeu mais de R$ 5 milhões.

C. E. Francisco Gonçalves Magalhães antes e depois da reforma. (Foto: Lauro Vasconcelos)

C. E. Francisco Gonçalves Magalhães antes e depois da reforma. (Foto: Lauro Vasconcelos)

Mais infraestrutura e incentivos para a educação

Com investimento de cerca de R$ 3 milhões, o Governo do Estado reconstruiu os Centros de Ensino Francisco Gonçalves Magalhães, Clodomir Millet e José Leopoldino Filho. As obras garantem dignidade e um ambiente escolar mais propício ao aprendizado para quase dois mil estudantes coroataenses. As unidades não recebiam manutenção há mais de 30 anos. O trabalho de reconstrução e manutenção das escolas está inserido no programa ‘Escola Digna’ e mais três escolas serão recuperadas na cidade.

Para reforçar ainda mais a qualidade do ensino, R$ R$ 575.966,00 foram destinados pelo Governo do Estado a famílias de baixa renda em Coroatá para a compra de material escolar para os filhos. O auxílio está sendo concedido a 12.521 estudantes por meio do programa Bolsa Escola (Mais Bolsa Família). O auxílio também gera um efeito positivo na economia da cidade.

O novo Viva possui novas instalações e está levando mais benefícios para os ciadãos como os serviços do Procon e da Junta Comercial (Jucema). Foto: Nael Reis/Secap

O novo Viva possui novas instalações e está levando mais benefícios para os ciadãos como os serviços do Procon e da Junta Comercial (Jucema). (Foto: Nael Reis/Secap)

Cidadania para todos os coroataenses

Para garantir mais equilíbrio nas relações de consumo, o Governo do Estado inaugurou uma sede do Instituto de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) em Coroatá. O órgão e irá beneficiar mais de 80 mil coroataenses e centenas de consumidores da região.

Além do Procon, Coroatá agora conta com uma nova unidade do Viva, maior e com mais benefícios, incluindo serviços do Procon e da Junta Comercial (Jucema). A unidade que antes sofria com a falta de investimentos, agora passou a ser mais atuante, tendo aumento de mais de 400% no número de guichês, saltando de três para 13. Além disso, agora a população terá acesso a serviços essenciais para o exercício da cidadania como a emissão da carteira de identidade.

Inclusão produtiva

O programa “Mais Sementes” ofertou 18 mil sementes aos produtores de Coroatá, incluindo sementes de arroz, milho e feijão. Investimento de R$ 94.410,00 que favoreceu 1.800 famílias coroataenses. Foram ainda garantidos ao município os repasses de R$ 3,5 milhões do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) para produtores das áreas agrícola e pecuária.

Comentários

Comentários