Mais de 100 mil estudantes da rede estadual participaram da 1ª etapa da Avaliação de Nivelamento

Estudantes do C.E. Maria José Aragão, em São luís, participam da 1ª etapa da Avaliação de Nivelamento (Foto: Divulgação)

102 mil estudantes da 1ª série do Ensino Médio e do 5º ano do Ensino Fundamental, da rede estadual de ensino, participaram, nesta quinta-feira (14), da 1ª etapa de Avaliação de Nivelamento realizada pela Secretaria de Estado da Educação (Seduc). A ação integra o Plano Mais IDEB, instituído pelo Governo do Estado com o objetivo de elevar os indicadores educacionais do Maranhão.

A ação da Seduc visa fortalecer a articulação entre a prática avaliativa dos professores e as avaliações externas, assim como diagnosticar o desenvolvimento de habilidades de leitura, interpretação textual e resolução de problemas em Língua Portuguesa e Matemática, propostas pelas Matrizes de Referência do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb).

“Essa é uma ação inédita em rede, que fortalece a articulação entre a prática avaliativa dos professores e as avaliações externas. Isto nos permitirá diagnosticar a proficiência dos estudantes logo no início do ano letivo e alinhar os desempenhos às práticas pedagógicas e novas possibilidades metodológicas para alcançarmos sempre os melhores resultados para os estudantes”, destacou Nádya Dutra, Secretária Adjunta de Ensino.

No total, 773 escolas de Ensino Médio e cinco escolas do Ensino Fundamental, nas 19 Unidades Regionais de Educação, aplicaram as provas. Na URE de Imperatriz, cerca de 8 mil estudantes da 1ª série do Ensino Médio, de 47 escolas fizeram as provas.

“As provas de nivelamento têm uma grande importância para os estudantes do 1º ano, que ao adentrarem no Ensino Médio já iniciam o processo de preparação para as avaliações externas e para os vestibulares futuros. Além disso, também nos ajudará a diagnosticar o desenvolvimento das habilidades de leitura, interpretação textual e resolução de problemas em Língua Portuguesa e Matemática”, disse Jeassimonne Paulino de Carvalho Rocha, gestora do C.E. Dorgival Pinheiro de Sousa, na cidade de Imperatriz.

Na URE de São Luís, cerca de 16.800 estudantes de 120 escolas do Ensino Médio e de três escolas do Ensino Fundamental fizeram a avaliação. No C.E. Maria José Aragão, em São Luís, 240 estudantes da 1ª série do Ensino Médio se submeteram à avaliação diagnóstica.

“É muito louvável a atitude do governo, por meio da Seduc, de promover esta ação de nivelamento. Isso vai nos fazer perceber em que nível esses alunos do 1º ano estão chegando ao Ensino Médio e, assim, vai nos levar a planejar e desenvolver um trabalho mais consistente e direcionado, com foco maior na aprendizagem. A partir desse planejamento direcionado, poderemos corrigir as distorções de apreensão do conhecimento desses alunos”, destacou Wilson Chagas, gestor da escola.

Na Unidade Regional de Pinheiro, a avaliação foi aplicada para 5.770 estudantes de 55 escolas. Já na URE de Timon, 3.429 estudantes de 1ª série fizeram as provas.

Os estudantes foram avaliados nos componentes curriculares de Matemática e Língua Portuguesa. As provas foram impressas em fontes regular, ampliadas e em Braile, para garantir participação de todos os estudantes. A duração foi de 2 horas e 20 minutos, nos três turnos.

“Essa ação prioriza a excelência acadêmica do estudante. Eu sou de uma escola de Ensino Integral e um dos nossos eixos formativos é a formação acadêmica de excelência. Então, essa Avaliação de Nivelamento é muito importante”, Rafael Rabelo, professor Centro Educa Mais Almirante Tamandaré.

Além da avaliação de nivelamento, também será aplicado no dia 20 deste mês (quarta-feira) o 1º ‘Simuladão Mais IDEB’ destinado a estudantes do 9º ano do Ensino Fundamental e da 2ª e 3ª séries do Ensino médio. Aproximadamente 280 mil estudantes participarão dessas avaliações.

Comentários

Comentários